Trilhos de bonde no Vale do Anhangabaú | Foto: TV Globo
Recordar é viver

Trilhos de bondes encontrados no Vale do Anhangabaú

A cidade de São Paulo já teve uma rede de 700 km de extensão de trilhos para o serviço de bonde. A última viagem ocorreu menos de um mês antes da fundação do Metrô, em abril de 1968.

Foi a linha 101, que ligava o Instituto Biológico de São Paulo, no Ibirapuera, ao largo 13 de Maio, em Santo Amaro, última a resistir à pressão da prefeitura em retirar este meio de transporte que poderia no futuro ter virado um VLT.

Nesta semana, trabalhadores das obras de revitalização do Vale do Anhangabaú encontraram trilhos do meio de transporte.

A descoberta foi feita quando os funcionários retiraram as pedras portuguesas que faziam parte do piso, na esquina do vale com a Avenida São João.

A Prefeitura solicitou ajuda ao Instituto do Patrimônio Histórico e Arqueológico (Iphan) para retirar os equipamentos, que farão parte como peças de exposição.

Sobre o autor do post

Renato Lobo

Paulistano, profissional de Marketing Digital, técnico em Transportes, Ciclista, apaixonado pelo tema da Mobilidade, é o criador do Portal Via Trolebus.

Comente!

Clique aqui para postar um comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Publicidade

Assuntos

Anúncios

Cadastre-se em nossa newsletter!