VLT

Solução para o VLT de Cuiabá sai em 120 dias, diz estado

Uma nova promessa pretende dar um desfecho sobre projeto de Veículo Leve Sobre Trilhos (VLT) de Cuiabá e Várzea Grande.

Após formar uma comissão entre representantes do governo estadual e membro da Secretaria Nacional de Mobilidade Urbana, do Ministério de Desenvolvimento Regional, o grupo terá um prazo máximo de até 120 dias para apresentar uma solução.

“O VLT foi financiado com recursos federais, tem dinheiro da Caixa Econômica Federal, por meio do FGTS, e a obra está parada com um contrato rescindido pela Justiça de Mato Grosso. Por isso é importante que essa decisão seja tomada em conjunto com todos os órgãos federais envolvidos”, afirma o governador do Mato Grosso, Mauro Mendes (DEM).

“O nosso objetivo é, em um curto espaço de tempo, encontrar uma solução para a questão do VLT”, disse Mendes.

Sobre o autor do post

Renato Lobo

Paulistano, profissional de Marketing Digital, técnico em Transportes, Ciclista, apaixonado pelo tema da Mobilidade, é o criador do Portal Via Trolebus.

Comente!

Clique aqui para postar um comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Publicidade

Assuntos

Anúncios

Cadastre-se em nossa newsletter!