Foto: Renato Lobo
CPTM

Novos trens da CPTM reduziram consumo de energia em 12% em 4 anos

Novos trens podem significar redução de consumo de energia, que por sua vez podem ajudar o meio ambiente. É o que diz um comunicado da Companhia Paulista de Trens Metropolitanos – CPTM.

O material rodante conta com maior eficiência energética, uma vez que seus sistemas eletrônicos permitem a regeneração de energia elétrica quando as composições freiam.

De acordo com a operadora, entre os anos de 2015 e 2018, houve redução de 12% no consumo de energia de tração por quilômetro rodado pelos carros, sendo que nesse mesmo período foi registrado crescimento de 4% no número de passageiros transportados e de 11% na quilometragem dos carros. A renovação da frota da CPTM começou na década passada.

Segundo ainda a operadora, o serviço contribui para a redução de emissão de poluentes, consumo de combustível, custo operacional de ônibus e automóvel, número de acidentes e do tempo de viagens.

Os benefícios socioambientais, valorados economicamente na ordem de R$ 11 bilhões, considerando a redução de acidentes, de tempos de viagem, da emissão de poluentes e do consumo de combustível, entre outros.

Sobre o autor do post

Renato Lobo

Paulistano, profissional de Marketing Digital, técnico em Transportes, Ciclista, apaixonado pelo tema da Mobilidade, é o criador do Portal Via Trolebus.

Comente!

Clique aqui para postar um comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Publicidade

Assuntos

Anúncios

Cadastre-se em nossa newsletter!