Monotrilho

Metrô começa a retirar monotrilhos que colidiram

Foto: TV Globo

O Metrô de São Paulo começou o trabalho de remoção dos dois monotrilhos envolvidos em um incidente na noite desta terça-feira, 29 de janeiro, quando um dos trens se chocou com outro que estava na futura estação Jardim Planalto.

De acordo com reportagem da TV Globo, os trabalhos começaram por volta das 22h, e os trens já estavam separados no início da manhã.

Foi usado um guindaste para separar os dois veículos, e a Avenida Sapopemba ficou com um trecho bloqueado na altura do número 10.000. Existe a possibilidade de que outros trens reboquem as composições que bateram.

Segundo nota do Metrô, os trabalhos devem ser concluídos no domingo.

A operação para a remoção dos trens da Linha 15-Prata que colidiram na última terça-feira (29) na estação Jardim Planalto já foi iniciada. Em uma das atividades realizadas na madrugada de hoje foi utilizado um guindaste para içar e afastar um trem do outro. Com isso, técnicos do Metrô puderam inspecionar as condições dos equipamentos dos trens e da via.

As principais atividades para retirada dos trens serão realizadas nas madrugadas, com apoio da CET para interdição de trecho da pista sentido bairro da Avenida Sapopemba para dar segurança a motoristas e pedestres que passam pelo local.

A previsão é de que até domingo os trens sejam removidos para o Pátio Oratório. Apesar disso, a operação comercial permanece acontecendo normalmente todos os dias, das 4h40 até meia-noite.” – diz nota da companhia.

Fotos dos trens acidentados:

Sobre o autor do post

Renato Lobo

Paulistano, profissional de Marketing Digital, técnico em Transportes, Ciclista, apaixonado pelo tema da Mobilidade, é o criador do Portal Via Trolebus.

comentários

Clique aqui para postar um comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Publicidade

Assuntos

Anúncios

Cadastre-se em nossa newsletter!