CPTM

Imagem compartilhada sugere retirada de operação dos trens da série 1700 da CPTM

Foto: SrBudd

Imagem compartilhada nas redes sociais sugerem o fim na operação dos trens da série 1700 em março. A ilustração não foi divulgada nas redes sociais oficial da Companhia Paulista de Trens Metropolitanos – CPTM, o que coloca suspeitas sobre a veracidade da informação:

No entanto, a dúvida sobre a baixa dos trens diz respeito apenas a data informada no post, já que a própria operadora já informou em um comunicado que as composições fabricadas no final da década de 70 devem sair de cena.

O TUE série 1700 foi o último grande projeto da Mafersa adquirido pela Companhia Brasileira de Trens Urbanos – CBTU. Em 1980, entrou em operação na Superintendência de Trens Urbanos do Rio de Janeiro (CBTU/STU-RJ).

Somente em 1987 a série chegou em São Paulo por meio da Superintendência de Trens Urbanos de São Paulo (CBTU/STU-SP), chamada na época de série 700.

Durante muito tempo, a série deteve o melhor MKBF (índice de falhas por quilômetro rodado) de toda a frota da companhia.

Desde o ano de sua fabricação ate os dias atuais, somente uma unidade da entrega original foi baixada por perda total (1739/1740), no acidente na estação Perus em 28 de julho de 2000.

Sobre o autor do post

Renato Lobo

Paulistano, profissional de Marketing Digital, técnico em Transportes, Ciclista, apaixonado pelo tema da Mobilidade, é o criador do Portal Via Trolebus.

comentários

Clique aqui para postar um comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

  • Pela aparência parecem que foram feitos na década de 50 são bem feios, as janelas são estranhas, me surpreendi quando fiquei sabendo que são da década de 80, infelizmente o Brasil não era bom em designer, hoje estamos melhor

    • A RFFSA e sua subsidiária CBTU mantinham sempre o mesmo projeto em seus trens. Veja um trem da série 100 da década de 30 e todos os que vieram até os anos 80. A série 700 veio para operar na antiga Santos Jundiaí, que tinha um visual diferente da Central, porém manteve alguns detalhes pertinentes às séries 101 e 401 dessa ferrovia. Londres e Nova York também pouco alteram o visual dos seus trens de metrô.

    • Caro amigo, esse trem foi e continua sendo um dos melhores trens da CPTM, pois foram fabricados na década de 1986 e entrou em operação em 25/05/87,pois possui equipamentos japoneses e o acompanhamento inox é muito mais resistente do que os da caf.

  • Sp é um estsdo rico e pode descartar umamaquina desta e comprar os “ótimos” CAF… Um trem que ficaria muito mais barato se modernizar do que os novos…

Publicidade

Assuntos

Cadastre-se em nossa newsletter!

Cadastre-se em nossa newsletter!