Governo Bolsonaro deve extinguir estatal responsável por Trem-Bala

O governo do presidente eleito, Jair Bolsonaro, deve extinguir a estatal Empresa de Planejamento e Logística – EPL, responsável para implantar o projeto de trem-bala. Segundo a equipe de transição do novo governo “não se justifica” a manutenção da estatal vinculada ao ministério dos transportes que consome R$ 70 milhões de recursos públicos por ano. A maior parte deste valor serva para pagar o salário de 140 funcionários.

Em um primeiro momento, o novo governo deve migrar a EPL do Ministério dos Transportes para a Secretaria-Geral da Presidência da República, para então ser extinta.

A EPL foi criada em 2010 com o nome de Empresa de Transporte Ferroviário de Alta Velocidade S.A. – ETAV. Já em 2012, foi renomeada para Empresa de Planejamento e Logística S.A – EPL com o objetivo adicional de projetar sistemas de transporte.


Autor: Renato Lobo

Ler todos os posts

Paulistano, profissional de Marketing Digital, técnico em Transportes, Ciclista, apaixonado pelo tema da Mobilidade, é o criador do Portal Via Trolebus.