Foto: Sergio Mazzi
Monotrilho

TCE barra licitação para Linha 15

Foto: Sergio Mazzi

O Tribunal de Contas do Estado (TCE) suspendeu nesta sexta, 28, uma licitação que contraria uma empresa para obras complementares em 4 estações da linha 15 – prata, do Metro (Jardim Planalto, Sapopemba, Fazenda da Juta e São Mateus).

O tribunal acolheu uma representação da empresa Tiisa Infraestrutura e Investimentos S/A, apontando falhas no edital para contratação das obras de acabamento, instalações hidráulicas, comunicação visual, paisagismo e reurbanização.

As queixas se referem aos itens que tratam da qualificação técnica e do atestado das empresas interessadas, o que ameaçaria a isonomia na disputa e a escolha da proposta mais vantajosa para o poder público. A sessão de entrega dos envelopes com as ofertas das licitantes estava marcada para ontem.

O TCE deu prazo de 48 horas para que o Governo dê as explicações necessárias.

Sobre o autor do post

Caio Lobo

Paulistano e Corinthiano, formado em Marketing porém dedicou sua experiência profissional, pós-graduação e MBA na área de Finanças. Temas relacionados à mobilidade urbana o fascinam, principalmente quando se fala de metrô.

Comente!

Clique aqui para postar um comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Publicidade

Anúncios