Trem de Carga

Governo federal estuda retomar ferrovias abandonadas

Foto: William Molina

O Governo Federal quer a retomada de trilhos ociosos e planeja novos critérios para a renovação das concessões ferroviárias. Uma medida provisória deve dar poder à equipe que coordena o Programa de Parcerias de Investimentos (PPI) para reorganizar a malha sobre trilhos e desvincular trechos dos contratos de concessão.

A intenção é regularizar os trechos “esquecidos” pelas empresas. Estima-se que pelo menos 18 mil quilômetros de vias férreas estejam ociosos no país.

O modelo atual é um resquício da privatização feita na década de 90, que dividiu as concessões ferroviárias em lotes grandes em detrimento do interesse pontual pelos trechos. As concessionárias então concentraram as operações nas rotas mais rentáveis e deixaram de lado as secundárias.

O governo ainda pretende trazer novos termos para as negociações dos contratos das concessionárias. Um dos pontos está o da exploração compartilhada das ferrovias, o que acabaria com a exclusividade sobre o uso de determinados trechos pelas concessionárias.

Com as informações de Gazeta do Povo

Sobre o autor do post

Renato Lobo

Paulistano, profissional de Marketing Digital, técnico em Transportes, Ciclista, apaixonado pelo tema da Mobilidade, é o criador do Portal Via Trolebus.

Comente!

Clique aqui para postar um comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Publicidade

Anúncios