Internacional

Expansão do Metrô de Lima prevê trens sem condutores

Atualmente em obras de expansão, o Metrô de Lima teve seu primeiro quilômetro de túnel perfurado. As construções fazem parte da nova Linha 2. Este trecho contempla 5.000 metros que compõem a fase inicial do projeto, ligando o mercado de Santa Anita, no leste da capital do Peru Lima e a Avenida 28 de julho, localizada no centro da cidade.

As obras foram iniciadas em maio de 2015, e são estimadas em 5.600 milhões de dólares. Ao todo, as frentes de trabalho devem erguer 35 estações ao longo de um túnel de 35 quilômetros entre Callao, o porto da cidade de Lima, e do município de Ate-Vitarte, a leste da capital peruana.

Atualmente o Metrô de Lima opera apenas com uma linha e 26 estações, percorrendo 34,4 km de extensão. O sistema transporta uma média de 340 mil passageiros por dia.

Estão sendo construídas além da Linha 2, a Linha 4, por meio de uma concessão que engloba execução de obras e operação por 35 anos. Ambos os ramais terão tecnologia CBTC (Communications-Based Train Control) e Driverless UTO, com operação sem condutor, a cargo da empresa Ansaldo STS.

Com as informações de Agências Internacionais

metro-lima2

Sobre o autor do post

Renato Lobo

Paulistano, profissional de Marketing Digital, técnico em Transportes, Ciclista, apaixonado pelo tema da Mobilidade, é o criador do Portal Via Trolebus.

Comente!

Clique aqui para postar um comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Publicidade

Anúncios