Internacional

Bogotá terá sua primeira linha de Metrô

Eleger um modal de transporte como solução definitiva, pode ser um equivoco. Por outro lado, sistemas de média capacidade podem atender a demanda em um determinado período.

A capital da Colômbia, conhecida mundialmente por seu sistema de corredor de ônibus do tipo BRT (Bus Rapid Transit), pode ter seu primeiro sistema de Metrô.

A informação foi confirmada pelo atual prefeito de Bogotá, Enrique Peñalosa, que estima o início das operações em 2020, de acordo com entrevista à rádio Caracol.

Peñalosa diz ainda que a possibilidade mais provável é que o sistema seja por meio de uma via elevada. “Uma das vantagens de metro elevado é a construção mais rápida”. O prefeito ainda afirma que a contratação de obras pode ser feita em 2017 e que as construções estarão prontas em três anos.

A primeira linha de capital colombiana deve ligar o centro ao sudoeste da cidade, com 15 km de extensão, e contará com recursos da cidade e do governo federal.

Investimento no transporte público

O colombiano foi prefeito de Bogotá entre 1998 e 2001, sendo responsável por politicas públicas que contribuíram para a mobilidade urbana. Foi justamente na gestão dele que nasceu o sistema de BRT intitulado “Transmilenio”, além do incentivo às bicicletas e melhorias para os pedestres.

“Uma boa cidade não é aquela em que até os pobres andam de carro, mas aquela em que até os ricos usam transporte público. Cidades assim não são uma ilusão hippie. Elas já existem” – Enrique Peñalosa

enrique-penalosa
Enrique Peñalosa, prefeito de Bogotá

Mobilidade e Política 

O debate sobre mobilidade nos últimos tempos anda ao lado da polarização política em nosso país. Na contramão dos que atribuem políticas pró mobilidade à ideologia de esquerda, Peñalosa faz parte de uma partido voltado ao pensamento de centro-direita.

Porém, sua ideologia partidária não o poupou de receber críticas por medidas que tiraram privilégios de quem se deslocava por automóvel

“Eu fui quase deposto por remover as áreas das ruas que a elite da cidade se apropriou ilegalmente para usar como estacionamento”, disse o prefeito em um comunicado.

Sobre o autor do post

Renato Lobo

Paulistano, profissional de Marketing Digital, técnico em Transportes, Ciclista, apaixonado pelo tema da Mobilidade, é o criador do Portal Via Trolebus.

Comente!

Clique aqui para postar um comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Publicidade

Assuntos

Anúncios

Cadastre-se em nossa newsletter!