Aviação

Congonhas poderá ter voos para todo o Brasil novamente

A Anac (Agência Nacional de Aviação Civil) derrubou, em dezembro, uma restrição de 2007 que não permitia que o Aeroporto de Congonhas, em São Paulo, tivesse vôos com uma distância acima de 1.500 km em linha reta. Com isso, a partir de agora, o aeroporto poderá ter novamente voos para as principais capitais do Nordeste, por exemplo, como Fortaleza, Natal, João Pessoa e Maceió. De acordo com a estatal não havia razão técnica ou econômica que justificasse manter a restrição.

A intenção foi permitir ampliar a oferta. A restrição começou a valer depois do acidente da TAM no aeroporto que matou 199 pessoas. O intuito era diminuir a frequência de voos.

Segundo reportagem da Folha de São Paulo, a Gol já começa a partir do próximo dia 28 a operar 26 frequências semanais (ida e volta) de Congonhas para Recife. Planeja ainda, neste semestre, a realizar voos para Natal, João Pessoa e Maceió.

A Avianca anunciou que fará um voo para Fortaleza aos sábados com retorno aos domingos, a partir de 20 de fevereiro. A Azul voará a partir de 2 de abril para Recife, Maceió e Natal, com um voo semanal cada um, aos sábados. A TAM ainda está avaliando as possibilidades.

Sobre o autor do post

Caio Lobo

Paulistano e Corinthiano, formado em Marketing porém dedicou sua experiência profissional, pós-graduação e MBA na área de Finanças. Temas relacionados à mobilidade urbana o fascinam, principalmente quando se fala de metrô.

Comente!

Clique aqui para postar um comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Publicidade

Assuntos

Anúncios