Mobilidade Urbana

Crônica: Surtos de um dia comum

@_richardbatista
Arte de Richard Batista

Fúria e indignação se confundem nesse aperto.
Sinto odores, mãos boba, sinto o inconveniente.
O individualismo se aflora, transformando homens em animais pronto para atacar a presa.
Um lugar para sentar, um espaço para respirar, uma bolsa que cutuca, a falta do fone, a música alta.
Ufa!! Está chegando na estação. (de repente um freada brusca) PQP!! Ta carregando gado?!
Bom agora é só descer e pegar a integração, tranqüilo ou não?
Escada cheia, fila nas catracas somos tocados como animais indo para o abate.
Agora é fácil…….. ou não?!
Desço as escadas, avisam no alto falante, trem com defeito.
Calma. Mais aperto, odores, música e inconvenientes.
Agora falta pouco.
Atraso no ônibus, aperto, odores e musica.
Banho, comida e sono.
Fecho os olhos, como em uma piscada toca o alarme.
Então, lá vamos nós!!

Sobre o autor do post

Richard Batista

Designer gráfico, ilustrador, marketeiro, atendimento, representante gráfico e curioso. Um paulistano em busca de escrever sua história através de traços e palavras.

Comente!

Clique aqui para postar um comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Publicidade

Anúncios