Passageiros não vão pagar tarifa na Nova Zelândia, após mudança em ônibus

Segunda-feira – 02h13

Após a prefeitura de Wellington, na Nova Zelândia, ter promovido uma série de mudanças em linhas e horários do serviço de ônibus, passageiros não gostaram das alterações, e um grupo pode promover um protesto contra as alterações de uma maneira diferente: não pagando a passagem.

Um grupo de usuários se reuniu para tratar das ações. “Já se passaram quatro semanas desde que o sistema de transporte público de Wellington foi reformado , com novas rotas, novos motoristas, novas tarifas e uma série de novos problemas”, diz uma publicação local. O protesto pode ainda ocorrer com o apoio de motoristas.

Alguns moradores dizem que a lotação aumentou. Outros dizem que não foram ouvidos pelo poder público. “Se não vermos um retorno ao serviço de ônibus que tínhamos, então haverá medidas”, diz a organizadora do protesto, Kara Lipski.

 

 

 


Autor: Renato Lobo

Ler todos os posts

Paulistano, profissional de Marketing Digital, técnico em Transportes, Ciclista, apaixonado pelo tema da Mobilidade, é o criador do Portal Via Trolebus.

1 Comentários deste post

  1. Interessante, no Brasil não vemos esse iniciativa da população, a união passa longe.

    Rodrigo Zika! /

Deixe uma resposta