Rio de Janeiro enfrenta greve de ônibus nesta segunda, 11

Os motoristas e cobradores de empresas de ônibus, de ao menos 4 empresas, cruzaram os braços nesta segunda, 11, na cidade do Rio de Janeiro. São elas: Ideal, Três Amigos, Paranapuan e Real.

Segundo Sebastião José, presidente do Sindicato dos Motoristas e Cobradores de Ônibus do Rio (Sintraturb Rio), a expectativa é que os motoristas aumentem, gradativamente, o número de ônibus parados até atingir o percentual de 70%.

“A gente está fazendo o possível para que a população não seja tão afetada, então esse movimento começa gradativamente. Começa uma paralisação por empresa, até atingir os 70%. Nós vamos cumprir a lei de greve que determina, no caso de serviços essenciais, que é o nosso caso, tem que rodar, pelo menos, 30%”, afirmou Sebastião.

As reinvidicações são reajuste salarial e melhorias nas condições de trabalho.


Autor: Caio Lobo

Ler todos os posts

Paulistano e Corinthiano, formado em Marketing porém dedicou sua experiência profissional, pós-graduação e MBA na área de Finanças. Temas relacionados à mobilidade urbana o fascinam, principalmente quando se fala de metrô.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

*