Prefeitura suspende estado de emergência em São Paulo nesta quinta-feira (31)

A Prefeitura de São Paulo decidiu suspender a partir desta quinta-feira (31) o estado de emergência decretado na última sexta-feira (25) na cidade. A decisão do Comitê de Gerenciamento de Crise ocorreu porque já está sendo normalizado o fornecimento de combustível para frota de serviços essenciais como o Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu), Serviço Funerário Municipal, Defesa Civil, Companhia de Engenharia de Tráfego (CET), Assistência Social e Guarda Civil Metropolitana (GCM).

 

O prefeito Bruno Covas também decretou ponto facultativo na próxima sexta-feira (1º). O decreto será publicado no Diário Oficial de quinta-feira (31) e, desta forma, a Prefeitura poderá se reorganizar, com a chegada de mais alimentos para a merenda na rede de ensino e o combustível necessário para a frota dos serviços essenciais.

 

As operações realizadas pela Prefeitura de São Paulo com o apoio da Guarda Civil Metropolitana (GCM) e da Polícia Militar (PM) já carregaram para o abastecimento especifico da frota de ônibus cerca de 5 milhões de litros de diesel. Outras operações serão realizadas ainda nesta quarta-feira (30) para permitir a chegada de combustível para manter os serviços até a próxima segunda-feira (4).

 

TRANSPORTES

 

A São Paulo Transporte (SPTrans) informa que, no horário de pico da tarde desta quarta-feira (30), as empresas operam com cerca de 71% da frota programada.

 

As linhas noturnas sob responsabilidade da Prefeitura estão operando com 50% da frota desde 0h00 de ontem (29), devendo permanecer com esse percentual até domingo (03).

 

Para os demais horários, a operação prevista é:

 

Quinta-feira (31/05)– 40% da frota de ônibus

Sexta-feira (01/06) – 60% da frota de ônibus

Sábado (02/06) – 60% da frota de ônibus

Domingo (03/06) – 40% da frota de ônibus

Fonte: Assessoria SPTrans


Autor: Caio Lobo

Ler todos os posts

Paulistano e Corinthiano, formado em Marketing porém dedicou sua experiência profissional, pós-graduação e MBA na área de Finanças. Temas relacionados à mobilidade urbana o fascinam, principalmente quando se fala de metrô.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

*