Botão de emergência foi apertado 39 vezes no fim de semana

A Secretaria Estadual dos Transportes Metropolitanos informou nesta segunda-feira, 5, que o botão de emergência nos trens do Metrô foram acionados 39 vezes no último fim de semana.
A cidade foi tomada por foliões em blocos de pré-carnaval, mas esse mau comportamento, diz a pasta, fez com que as linhas fossem desenergizadas 15 vezes, o que também ocorreu em razão da existência de passageiros sentados na plataforma com as pernas voltadas para a via.
Em nota, a secretaria diz que os problemas causados por esses foliões fez com que as operações parciais nas linhas somassem 2h44.
“O botão soco foi disparado irregularmente 39 vezes no último fim de semana, 25 delas na Linha 4-Amarela, 8 na Linha 2-Verde e outras 6 nas demais linhas de metrô. Além disso, na Linha 4-Amarela a alavanca de emergência foi acionada 9 vezes”, detalhou a pasta.
O balanço informou ainda que, no mesmo período, cinco usuários foram retirados das plataformas do sistema metroviário por estarem em situação de risco. Houve ainda um caso de um passageiro que tentou embarcar entre os vagões, mas foi contido pelos seguranças.
A secretaria informa que essas ocorrências provocaram desenergização das vias por 9 vezes no sábado, 3, durante 24 minutos e 6 vezes no domingo, causando 20 minutos de interferência na circulação dos trens. Na Linha 4-Amarela, houve 2 paradas com um total de 2 horas de operação parcial em função desses problemas.
“É fundamental que os cidadãos curtam o carnaval com civilidade e respeito aos demais usuários e ao patrimônio público. Esse tipo de ocorrência prejudica todo o sistema metroviário e, consequentemente, o atendimento à população. Estamos fazendo operação especial em função do carnaval devido à maior demanda e pedimos a colaboração e conscientização de todos para o uso adequado dos trens e estações”, declarou por nota o secretário dos Transportes Metropolitanos, Clodoaldo Pelissioni.
Fonte: Exame

Autor: Caio Lobo

Ler todos os posts

Paulistano e Corinthiano, formado em Marketing porém dedicou sua experiência profissional, pós-graduação e MBA na área de Finanças. Temas relacionados à mobilidade urbana o fascinam, principalmente quando se fala de metrô.

7 Comentários deste post

  1. Que absurdo.

    Rodrigo Santos / Responder
  2. Não duvido que o povo do sindicato tenha apertado para poder falar mal… Principalmente com Março chegando ai e alguns sindicatos “sugerindo” para as contabilidades recolherem o valor

    Andrew / Responder
  3. Sr. Andrew, eu acho que é muito grave o que o sr. está falando. Um sindicalista que for pego apertando um botão soco é classificado como SABOTAGEM e isso é CRIME contra o patrimonio publico e contra a operação ferroviária/metroviária. Ninguem ia se sujar dessa forma de besteira. O metro está cheio de cameras. E inclusive esses caras nem vão lá de semana, ainda mais num sábado à noite.
    É muito mais provavel que sejam alguns baderneiros carnavalescos que nessa época do ano fazem o que querem e se acham no direito de atrapalhar a todo mundo.

    Rafael de Souza / Responder
  4. Exatamente, o que tem de “bebum” nessa época.

    Felipe / Responder
  5. É a educação do brasileiro que não aprendeu a se divertir.

    Felix / Responder
  6. A irresponsabilidade dos que acionaram indevidamente os botões de emergência foi facilitada pela quase ausência de seguranças da ViaQuatro nas estações e nos trens em um fim de semana já conhecido pela intensa demanda de pessoas jovens, alcoolizadas e sem qualquer preocupação. Além do crime cometido por estes, a falta de ação da concessionária enseja penalidades previstas em contrato.

    Arthur / Responder
  7. minha gente, todos nois sabemos, que o brasileiro e o povo mais mal educado do mundo, isso em dias normais, agora voces imaginem em epocas de carnavais e ainda em desfiles de blocos, isso e o caos, por isso mesmo que eu sou contra que a prefeitura destine verbas publicas para blocos de carnavais, a prefeitura deve apenas destinar verbas para as escolas de samba.

    Antonio Alves de Souza / Responder

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

*