Novas bikes do Itaú chegam dia 30 em São Paulo

A partir desta sexta, 19, até o próximo dia 29, todo o sistema Bike Sampa estará desativado na cidade de São Paulo para a implementação de novas bicicletas, que estarão disponíveis a partir do dia 30.

A nova fase do Bike Sampa incluirá estações de empréstimos mais modernas (ocorrerá a modernização ao longo do semestre) e neste mês passam a funcionar mais 25 novas estações, chegando no tal de 260. Elas serão abastecidas por energia solar. A forma de pagamento também poderá ser em dinheiro

Seguindo as tendências internacionais, os novos modelos, de aro 24 e fornecidos pela canadense PBSC Urban Solutions, são mais ergonômicos e resistentes ao uso intenso. Agora contam com iluminação a dínamo na frente e atrás, alimentada pela própria pedalada do ciclista – o que é uma baita melhoria para fazer com que a pessoa seja vista por motoristas e pedestres. Os freios também mudaram, para o tipo “roller brake” (freios a rolete), mais suaves e de maior durabilidade. Vem com o eficiente grupo Shimano Nexus de três marchas, que têm câmbio embutido e selado para ficar longe de sujeira e chuva. A cestinha da frente será aberta, envolta por um elástico, para permitir o uso de mochilas maiores. Corrente e roda traseiras são mais protegidas, impedindo que água de chuva e fuligem da rua estraguem nossa roupa.

 

Fonte: Folha de São Paulo


Autor: Caio Lobo

Ler todos os posts

Paulistano e Corinthiano, formado em Marketing porém dedicou sua experiência profissional, pós-graduação e MBA na área de Finanças. Temas relacionados à mobilidade urbana o fascinam, principalmente quando se fala de metrô.

5 Comentários deste post

  1. Finalmente, as laranjinhas e seu sistema estavam em decadência…

    Alexandre i / Responder
  2. Até que fim uma mudança positiva nesse projeto tão importante para a difusão e utilização de bikes em SP

    Rafael / Responder
  3. Só falta expandir as ciclovias/ciclofaixas, melhorar as que já tem e conectar as isoladas…

    Será que vai expandir? sei não…não fez nada pela mobilidade ativa até agora!!!!!!

    Renato / Responder
  4. Achei estranha a cestinha aberta (para o caso de sacolas com compras por exemplo) mas só testando mesmo pra saber. No mais, uma excelente notícia! Uma modernização de verdade, podemos dizer.

    O.Juliano / Responder
  5. E bacana, mais ainda são poucos lugares que tem, acham que só quem tem grana pode usar, pois só vejo em lugares mai nobres, onde pega emprestado essas bikes.

    Rodrigo Santos / Responder

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

*