Autor: Caio Lobo

Ler todos os posts

Paulistano e Corinthiano, formado em Marketing porém dedicou sua experiência profissional, pós-graduação e MBA na área de Finanças. Temas relacionados à mobilidade urbana o fascinam, principalmente quando se fala de metrô.

5 Comentários deste post

  1. ainda não consegui entender como o metro fará o acesso da estação oscar freire pelo lado direito sentido marginal.
    há um enorme buraco e no terreno não me parece que há area suficiente para inserir escadas rolantes !!!!

    vinicius pesse / Responder
    • Realmente o buraco ficou bem profundo, eu pensei que fosse ser raso igual os acessos de via oposta das estações Paulista e Butantã. Mas dá pra colocar escadas rolantes sim, mas vai ter que ser vários lances de escadas curtas.

      Adail / (em resposta a vinicius pesse) Responder
  2. Na L4 Higienópolis tá praticamente pronta, inaugura nas próximas semanas, e vai ser a única que o governador vai poder ter o gosto de inaugurar (e tentar usar em campanha), porque o resto vai ficar pro próximo governo. Oscar Freire ainda tá com o segundo acesso crú, e Morumbi ainda tem muito serviço. Vila Sônia pode esquecer, nem começou a escavar a estação em si… Se for mantido o ritmo acelerado de agora, Oscar Freire sai no meio do ano, e Morumbi no final do ano ou 2019. Vila Sônia acho improvável antes de 2020, isso se a empreiteira não desacelerar após a mudança de governo já que não vai mais ter a pressão ($$) eleitoral, pq nesse país tudo funciona assim.

    Adail / Responder
  3. esse edifício da Higienópolis é de uma feiúra impar, não entendo como alguém consegue propor um projeto tão feio.

    rafael oliveira / Responder

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

*