Metrô assina contrato com consórcio vencedor para construção da estação Morumbi

O Metrô assinou, no último dia 13, contrato com o consórcio vencedor, CONSÓRCIO CCIN-CCCC, para a construção da estação Morumbi, da linha 17 – ouro, que se integrará com a linha 9 – esmeralda, da CPTM.

O consórcio será responsável pela obra bruta, acabamento, comunicação visual, hidráulica e paisagismo da Est.Morumbi-Linha 17 do Metrô e integração com a Linha 9 da CPTM; e desmontagem, remanejamento, fornecimento e montagem dos sistemas de CFTV + sonorização + SSX + Rede aérea de tração + iluminação e tomadas da integração com a Linha 9-Esmeralda.

O valor do contrato é de R$ 107.399.999,99 com duração de obra de 22 meses a contar a partir da ordem de servico, que ainda não foi dada.

 

Com estes prazos, a linha 17 – ouro só deve ser entregue no fim de 2019 (caso nada atrasar mais) ou antes porém sem a estação Morumbi, já que a demais já estão em fase mais avançada e a Morumbi nem saiu do papel ainda.


Autor: Caio Lobo

Ler todos os posts

Paulistano e Corinthiano, formado em Marketing porém dedicou sua experiência profissional, pós-graduação e MBA na área de Finanças. Temas relacionados à mobilidade urbana o fascinam, principalmente quando se fala de metrô.

13 Comentários deste post

  1. Legal, lá pra 2050 fica pronta

    Felipe / Responder
  2. Mais uma boa notícia, devagar e sempre.

    Felix / Responder
    • Devagar, devagar e devagar e obra eterna sempre

      Cris / (em resposta a Felix) Responder
    • sempre devagar, algumas vezes faz …

      Alexandre I / (em resposta a Felix) Responder
    • Devagar??? Esse negócio devia estar pronto há um bom tempo afinal esse monotrilho não era mais “barato e mais rápido”

      Fabiano / (em resposta a Felix) Responder
      • Eles tiveram que re-projetar e assim, por consequência, re-licitar a estação, já que a estação inicial possuía alguns problemas, como o fato de ela ser menor e depender unicamente das entradas e saídas da atual estação, o que possivelmente faria com que ela não aguentasse ser uma estação terminal, já que os ramais leste (São Paulo-Morumbi/Morumbi) e Oeste (Jardim Aeroporto/Jabaquara) foram suspensos.

        Francis / (em resposta a Fabiano) Responder
  3. Legado da Copa de 2014 que será entregue em 2020, na melhor das projeções. Já deveria atender o bairro de Paraisópolis, mas não há mais nenhuma expectativa ou prazo para que chegue até lá.

    Alex / Responder
    • Pois é, fora o atendimento pro aeroporto de Congonhas, onde todo mundo vai de taxi ou uber mesmo sendo repleto de linhas de ônibus e o passageiro muitas vezes leva só uma malinha, o que faz a avenida Washington Luiz ter aqueles congestionamentos homéricos. Com essa estação, vai agilizar muito o acesso pra esse aeroporto quando o psdb a inaugurar em 2090

      Gapre / (em resposta a Alex) Responder
  4. As obras estão indo de vento em popa, acredito que logo, logo ,será entregue .

    Felix / Responder
    • Felix, deixa de ser ridículo. As vzs acho q ou vc é pago diretamente pelo PSDB pra falar groselha ou seu nome é Feliz Alckmin, pois nao é possivel alguém ser tao cego assim.

      Cris / (em resposta a Felix) Responder
    • Você fala isso pois é o vice governador de São Paulo que sei. Já puxei aqui a ficha.

      Anonimato / (em resposta a Felix) Responder
  5. CONSÓRCIO CCIN-CCCC – Nome diferente para dizer que é a Camargo Corrêa

    Rodrigo Pereira / Responder

Deixe uma resposta para Francis Cancelar resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

*