Alckmin quer empréstimo para monotrilhos e Tamoios

O governador de São Paulo, Geraldo Alckmin, enviou a Assembleia Legislativa um projeto de lei que permite que ele contrate empréstimo no valor de um pouco mais de R$ 2 bilhões que seriam usados nas obras da linha 15 – prata, 17 – ouro e na Rodovia dos Tamoios.

Para a linha 15 – prata, foi pedido o valor de R$ 324 milhões para “o financiamento parcial das obras civis da referida linha”, diz o texto. Segundo o documento, o valor garante a execução do projeto e não aumenta a dívida do estado.

Para a implantação da linha 17-ouro do monotrilho, o valor requerido é de R$ 1 bilhão, e tem como objetivo “o financiamento parcial de projetos, execução de obras civis, aquisição de equipamentos, sistemas e de material rodante”.

E, segundo o documento, o valor de R$ 900 milhões para a Parceria Público-Privada (PPP) de Tamoios visa “o financiamento parcial dos recursos a serem aportados pelo Poder Público” no contrato de concessão assinado em 2014.


Autor: Caio Lobo

Ler todos os posts

Paulistano e Corinthiano, formado em Marketing porém dedicou sua experiência profissional, pós-graduação e MBA na área de Finanças. Temas relacionados à mobilidade urbana o fascinam, principalmente quando se fala de metrô.