SPTrans registra 617 casos de vandalismos em 2017

O ano ainda não acabou e, até o momento, a SPTrans já registra 617 casos de vandalism nos ônibus da capital.

 

A linha 4310/10 (Parque Dom Pedro – Itaquera) é a qu emais registra ocorrência de depredações.

 

Em 2016, foram 787 casos durante o ano todo. Os casos mais comuns de vandalismo são bancos rasgados e quebra de para-brisas, janelas e faróis. Há também casos em que as pessoas colocam chicletes nas saídas USB usadas para recarregar celulares.


Autor: Caio Lobo

Ler todos os posts

Paulistano e Corinthiano, formado em Marketing porém dedicou sua experiência profissional, pós-graduação e MBA na área de Finanças. Temas relacionados à mobilidade urbana o fascinam, principalmente quando se fala de metrô.

4 Comentários deste post

  1. Não é o povo, é meia dúzia de vândalos que prejudicam a grande maioria de usuários. Na Empresa que trabalhava acontecia o mesmo nos banheiros, 2 ou 3 irresponsáveis escreviam nas paredes, portas de banheiro ou pegavam o rolo de papel toalha e levava para se armário.O combate tem que ser permanente e as orientações em reuniões essenciais, punição exemplar quando identificado o autor.

    Felix / Responder
  2. no pais tem-se o costume de crimizinho não ser punido. Então sempre os mesmos vão, fazendo, vão fazendo e nunca dá nada. Quando surpreendidos, o juiz manda pagar uma cesta básica badarosca e pronto.

    antonio carlos / Responder
  3. Colocam ônibus velhos nessa linha 4310, uei!!!
    Vandalistas periféricos de baixa classe, merecem andar de ônibus velhos,
    desconfortáveis…

    Gastam fortunas para comprarem estes ônibus modernos para colocarem em
    linhas que “certos indivíduos, bando de burros” estragam rapidamente

    Ônibus novos, com Ar Condicionado, wi-fi e USB para carregar celulares,
    tem que ser colocados em linhas que os usuários descentes que tem educação, respeito
    e sabem realmente utilizar o meio de transporte, mantendo por uma boa e total conservação…

    Santos / Responder
  4. Eu vi a reportagem no Bom Dia SP da Globo, o repórter pegou essa linha, que inclusive e o caminho que faço ,já que moro em Itaquera, essa linha sempre tem vandalismo, seja no AC que quebram as travas que controlam ele, ou pichar bancos, e a qualidade da Caio já e péssima ai ajuda mais ainda, claro que não e culpada totalmente, na reportagem foi dito pela SPUbarnuss disse que recolhe o carro quando tem isso, porém isso e mentira, o que tem de ônibus mais usados nessa linha, que roda a mais tempo com várias entradas que controlam quebradas, principalmente dos bancos que ficam no fundo no motor, além de pichadas como já disse, ou alguma coisa solta no ónibus, que ocorre mais no fundo, isso precisa ser corrigido.

    Rodrigo Santos / Responder

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

*