SPTrans entrega 30 novos ônibus

A São Paulo Transporte (SPTrans) entregou nesta quinta-feira (05/10) 30 ônibus da viação Santa Brígida dentro do trabalho de renovação da frota da cidade de São Paulo. Desde o início do ano, 709 novos carros foram colocados no sistema.

Os ônibus novos contam com tecnologia que garante a segurança e o conforto dos passageiros. Todos eles dispõem de itens que obedecem as especificações técnicas exigidas pela SPTrans para a acessibilidade e possuem ar-condicionado, Wi-Fi e tomadas USB.

Além da qualidade para o passageiro, os novos carros são equipados com motores Euro V, que superam os antigos Euro III. Esta tecnologia contribui para melhoria da qualidade do ar e assegura mais eficiência energética ao veículo.

Fonte: SPTrans


Autor: Caio Lobo

Ler todos os posts

Paulistano e Corinthiano, formado em Marketing porém dedicou sua experiência profissional, pós-graduação e MBA na área de Finanças. Temas relacionados à mobilidade urbana o fascinam, principalmente quando se fala de metrô.

11 Comentários deste post

  1. Por que se diz “a SPTrans entregou ônibus” quando os ônibus são comprados pelas empresas?

    O.Juliano / Responder
  2. Que adianta por USB se os cabeças de bagre quebram tudo? É triste… Precisei ontem e tava tudo cagado…

    Raul / Responder
  3. Motores EURO V utilizam ARLA 32, isso significa uma redução considerável na emissão de gases, talvez essa seja o principal destaque.
    Agora me surpreendeu os 709 carros novos, para um prefeito que ainda não priorizou o transporte publico ta ótimo!

    Vìtor Pereira Gabriel / Responder
    • Mais uma boa notícia do Gestor.

    • Esse é o ponto: quem compra os ônibus são as EMPRESAS e não a prefeitura, certo?
      Neste sentido, a única razão da SPTrans “entregar” novos ônibus seria seu aval técnicopara estes novos ônibus, ou estou ignorando algo/raciocinando de forma incorreta?

      709 novos ônibus numa frota de aproximadamente 15.000 veículos representa apenas 4%. Levando em consideração a crescente quantidade de ônibus acima da idade permitida (10 anos) – que em maio deste ano já batia os 300 – muito por conta da licitação-que-nunca-sai, vejo que somente com a licitação é que a prefeitura realmente fará algo de caráter mandatório com relação à renovação da frota, tendo real impacto nos novos ônibus.

      Até lá, a prefeitura apenas cumpre o papel de regulador e fiscalizador, dando “ok” ou não para os novos ônibus que chegam por meio das atuais empresas que operam em SP já que não está conseguindo nem mesmo negociar com a Ambiental sobre a renovação dos ônibus elétricos e esta, por sua vez, nem sei se já conseguiu resolver a parte burocrática com a SPTrans.

      Na minha visão, enquanto a licitação não sai, tanto a gestão anterior quanto a atual nada mais fizeram a não ser cumprir, parcialmente, seu papel de gestão municipal. Por isso acho estranho quando aparece vejo notícias em que a “SPTrans/Prefeitura entregou novos ônibus”

      • não tenho certeza e não quero criar polemica ok?
        Apenas uma achismo de minha parte!
        Mas acredito que a SPTRANS/PMSP estão negociando (através do dialogo) que as empresas renovem a frota ou incluam novos onibus para a frota da cidade, por isso os créditos são à SPTRANS/PMSP.
        Se depender dos empresários donos das empresas, ficam rodando com sucatas sem precisar investir (embora um onibus velho gaste muito com manutenção).

        Vìtor Pereira Gabriel / (em resposta a O.Juliano) Responder
        • Vitor, também não sei tecnicamente como é a relação SPTrans-Empresas, pois não sou do meio e nem tenho acesso, então o que eu falo também tem achismo e segue uma “lógica” minha de pensar…

          Mesmo o fato das empresas rodarem com ônibus acima da idade ou média permitida, realmente quem tem que cobrar e fiscalizar é a SPTrans, porém não entendo isso como um mérito da SPTrans mas sim uma obrigação. O mérito poderia ser da SPTrans caso ela fosse a intermediária entre empresa-fabricantes, ou tivesse uma linha de crédito voltada para as empresa, ou se os ônibus pertencessem a ela ou qualquer outro ponto. Se ela não tem nada disso, por mais que ela pressione as empresas, não passa da sua obrigação, entende meu ponto? Pelo menos é isso que eu acho, embora seja bobagem porque o que importa no final é o ônibus novo rodando, claro.

  4. Esqueceu de falar da voz do ônibus: “Parada Solicitada”
    tava pegando o 978J-10 T.P.Isabel e veio essa vós… arrepio tanto como a notificação do via quatro

    Metoxi / Responder
    • Não sabia dessa voz “Parada Solicitada”, interessante para quem é deficiente visual. Alguém sabe dizer se estes novos ônibus já vieram com painel mostrando os nomes das paradas?
      Uma vez entrem num ônibus na Paulista, desses da Santa Brígida, e tinha esse painel. Algo bem comum em outras metrópoles do exterior e que ajuda bastante já que hoje em dia podemos pegar o nome da parada por meio de apps, embora ainda precise melhorar nomes que são duplicados e/ou sem referência.

      Em tempo: acho horrível essa nova notificação da ViaQuatro, preferia muito mais o toque da antiga. Soava mais “confortável”

      O.Juliano / (em resposta a Metoxi) Responder
  5. Só por ser da Scania já e algo diferente, show.

    Rodrigo Santos / Responder
  6. E As Nova Áreas Paulistanas Serão:
    1 – Norte: Azul (Vilas: Maria e Guilherme, Santana, Mandaqui, Tremembé, Tucuruvi e Jaçanã)
    2 – Leste: Vermelha (Tatuapé, Penha, S. Miguel, Itaim Ambos Paulista, Itaquera, Guaianazes, Cid. Tiradentes, S. Mateus e V. Formosa)
    Zona Sudeste: 3 – Originalmente Zona Leste: Roxa (Sapopemba, Pq. S. Lucas e Vilas: Prudente, Ema, Alpina e Industrial)
    4 – Originalmente Zona Sul: Lilás (Ipiranga e Sacomã)
    5 – Centro-Sul: Marrom (Água Funda em Parceria Com a Área 4 Lilás e Também Vila do Encontro)
    6 – Sul: Amarela (Grajaú, Interlagos, Jabaquara, Santo Amaro e Campo Limpo)
    7 – Oeste: Verde (Butantã, Rio Pequeno e Jaguaré)
    Zona Noroeste: 8 – Originalmente Zona Oeste: Rosa (Pirituba, Jaraguá e Perus)
    9 – Originalmente Zona Norte: Laranja (Freguesia do Ó, Limão, Casa Verde em Parceria Com a Área 1 – Norte Cor Azul e Brasilândia)
    E Por Último o Centro Expandido na Cor Cinza

    Michell / Responder

Deixe uma resposta para Metoxi Cancelar resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

*