MP analisa elo entre aumento de falhas com baixo investimento na CPTM

O Ministério Público de São Paulo está investigando se há alguma ligação entre o aumento no número de falhas nos trens da CPTM com a diminuição no gasto de investimentos do Governo do Estado na estatal.

Em 2017 já ocorreram 197 falhas, o equivalente a cinco por semana.

Em resposta aos questionamentos do MP, a companhia produziu um relatório assinado pelo gerente jurídico da empresa, Rogério Felippe da Silva. A própria CPTM admite que os investimentos vêm caindo desde 2010.

A companhia diz que aplicou “quase R$ 700 milhões abaixo do previsto na lei orçamentaria em 2016, o que impactou na execução de parte do programa de investimentos”. O programa envolve a compra de trens, a construção e a modernização de estações e sistemas, entre outras ações.

Fonte: G1


Autor: Caio Lobo

Ler todos os posts

Paulistano e Corinthiano, formado em Marketing porém dedicou sua experiência profissional, pós-graduação e MBA na área de Finanças. Temas relacionados à mobilidade urbana o fascinam, principalmente quando se fala de metrô.

6 Comentários deste post

  1. simples, é só privatizar esse lixo que ai fica ótimo!
    chega de estado gordo, de gordo já basta eu kkkkkkkkkkk

    Vìtor Pereira Gabriel / Responder
  2. onde tem fumaça, tem fumaça horas!!!!!!!!! num da pra ver nada que não seja fumaça…

    thiago / Responder
  3. E precisa investigar para saber óbvio????

    Renato / Responder
  4. E isso que dá ficar já quase 24 anos agarrados em SP. Mas,…,…,…, O povo gosta deles, menos eu!!

    Joel / Responder
  5. Isso não e novidade, ta bem óbvio.

    Rodrigo Santos / Responder
  6. Onde tem fumaça, tem fogo
    Onde tem Pegada, tem bixo
    Onde tem ‘Demora de Conlusão das Obras’, ‘Desculpas esferrapadas’, ‘maus insvestimentos’, tem o PSDB (e a turma da roubarelha toda)

    Metozalem / Responder

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

*