Bicicletários em terminais ganham novo sistema de segurança para o usuário

A São Paulo Transporte (SPTrans) implantou novo controle de acesso nos bicicletários dos terminais de ônibus Amaral Gurgel, Campo Limpo e Cidade Tiradentes. A medida visa aumentar o controle e a segurança para quem guarda suas bicicletas enquanto utiliza o transporte público. A ação irá melhorar esse atendimento em todos os bicicletários instalados em terminais de ônibus da cidade de São Paulo.

 

Para deixar o veículo no local, agora é necessário fazer um cadastro, informando nome completo, telefone, endereço e e-mail, apresentar um documento com foto e levar cadeado próprio. As bikes serão alocadas e retiradas apenas pelo controlador de acesso, sendo que terceiros não terão acesso ao local, aumentando a segurança. Quando chegar, o ciclista receberá dois cartões de identificação: um que ele leva e outro que fica com a bicicleta pelo tempo em que estiver no terminal. Na hora da retirada, basta apresentar seu cartão e um documento com foto.

 

Por enquanto, a medida já está sendo adotada em três terminais: Amaral Gurgel, com capacidade para 41 bicicletas; Tiradentes, com capacidade para 148; e Campo Limpo, onde cabem 64 bikes. Mas a ideia é implantar o modelo em todos os 28 terminais e nas 7 estações do Expresso Tiradentes. No total, a SPTrans disponibiliza 2002 vagas nesses bicicletários.


Autor: Caio Lobo

Ler todos os posts

Paulistano e Corinthiano, formado em Marketing porém dedicou sua experiência profissional, pós-graduação e MBA na área de Finanças. Temas relacionados à mobilidade urbana o fascinam, principalmente quando se fala de metrô.