Escape 60 apresenta nova sala Pânico no Metrô na unidade Jardins

O Escape 60, primeira empresa a desenvolver salas de jogos presenciais no Brasil, lançou sua segunda sala da nova unidade Jardins: Pânico no Metrô. O tema tem como desafio escapar de um acidente fatal no metrô de Londres.

 

Tudo acontece entre as estações Picadilly Circus e Green Park. O trem em que o grupo está para inesperadamente. Alguns vagões haviam sido completamente vandalizados na noite anterior o que sinalizava que algo ruim estava por vir. Hoje, um grupo anarquista de Hackers invadiu todos os sistemas da cidade e instaurou o caos.

 

Todos os meios de comunicação estão interrompidos. As portas estão bloqueadas e tudo indica que os trens estão fora de controle. Mas a situação pode piorar, um dos trens desgovernados está caminhando em direção àquele ocupado pelos jogadores. Para escapar da colisão, o grupo tem 60 minutos para liberar os passageiros e escapar antes da colisão fatal.

 

Esse é o primeiro tema proposto pelo Escape 60 em que é possível jogar a partir de dois jogadores, no máximo seis. Os ingressos para o jogo são vendidos exclusivamente pelo site www.escape60.com.br, via PagSeguro. Os participantes devem aceitar um termo com as regras do jogo, que também serão passadas pelos colaboradores do Escape 60 no local. Em caso de necessidade, existe um botão de emergência, que abre a porta da sala antes dos 60 minutos de prazo.

 

Serviço:

Escape 60 Jardins

Endereço: Av. Rebouças, 765, Jardins – São Paulo, SP.

Horário de funcionamento: de segunda a quinta, das 10h às 22h30; sexta e sábado, das 10h às 23h50; e domingo, das 10h às 22h30.

Tel.: (11) 3061-1911.

Valores: todos os dias, R$ 79,90 por pessoa, mínimo de duas pessoas por sala.

 

Sobre o Escape 60

 

Junho de 2015 foi o mês do lançamento de um novo estilo de entretenimento no Brasil. O Escape 60 chegou ao país como uma opção inédita de jogo temático, presencial e interativo. Com formato inspirado em experiências bem-sucedidas desse tipo de negócio em outros países, os quatro sócios – Jeannette Galbinski, Márcio Abraham, José Roberto Szymonowicz e Karina Papautsky – criaram uma operação profissional no Brasil, formatada para ser uma rede de franquias. A atração é composta por seis salas, com temas distintos e inéditos, que desvendam mistérios associados ao resgate de uma joia em um banco, a fuga de uma prisão, a descoberta de obras de arte em um ateliê, a procura de uma fórmula em um laboratório, o resgate de reféns de um sequestro em um hotel e a fuga de uma casa mal-assombrada. Os participantes são desafiados a descobrir o enigma do jogo para, então, retornar à liberdade, com uma única condição: que tudo ocorra em apenas 60 minutos.

 

Trata-se de uma experiência única de espírito de equipe, com mínimo de quatro pessoas e máximo de 16 por sala, com instinto de investigação e capacidade de resolução de problemas. O Escape 60 é uma nova forma de entretenimento inteligente, agradável e diferente, voltada para famílias, amigos e equipes de trabalho. Também se destina a outros públicos, que se interessem por uma verdadeira experiência sensorial, estimulada pelos detalhes da ambientação, dos sons, objetos e móveis e por tudo que envolva o participante no clima proposto.


Autor: Caio Lobo

Ler todos os posts

Paulistano e Corinthiano, formado em Marketing porém dedicou sua experiência profissional, pós-graduação e MBA na área de Finanças. Temas relacionados à mobilidade urbana o fascinam, principalmente quando se fala de metrô.

2 Comentários deste post

  1. É muito bacana esse ESCAPE 60, estive no do Itaim Bibi e curti muito. O único ponto negativo é o valor cobrado R$ 90,00 tá pesado,
    mas de resto e muito bom e eu indico a quem nunca foi ir pelo menos uma vez.

    Ewerton Orsoli / Responder
  2. Isso é nada perto de uma Escape 60 Sala Brás ou Sala Santo Amaro.

    Arthur Yamoto / Responder

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

*