Aeroporto de Petrolina recebe certificação operacional

Foi publicada no Diário Oficial da União (DOU) desta quinta-feira (21/9) a emissão, pela Agência Nacional de Aviação Civil (Anac), da certificação operacional do Aeroporto de Petrolina/Senador Nilo Coelho (PE).

 

A certificação atesta a capacidade operacional do terminal e seu funcionamento de acordo com os ditames de segurança e excelência estabelecidos pelos órgãos da aviação civil nacional e internacional.

 

A publicação do documento também viabiliza em Petrolina a continuidade e ampliações das operações da maior aeronave cargueira em atividade no Brasil, o B746-800, utilizado pela empresa Cargolux em sua frequência cargueira regular no terminal.

 

Este novo contexto poderá, no médio e longo prazo, estimular o aumento dos números de exportação de frutas como manga, mamão papaya, uva e outros produtos agrícolas da região, aquecendo a economia no submédio do São do Francisco em Pernambuco.

 

De acordo com o superintendente Moysés Barbosa da Silva Filho, esse é um passo importante para consolidar a força do Vale do São Francisco. “Estamos muito satisfeitos com a certificação. Houve um esforço de toda equipe da Infraero em parceria com a Anac para obter esse atestado”, afirma Moysés.

 

Ainda segundo o superintendente, estão previstos para o pico da safra – período que começa na primeira quinzena de outubro e vai até a primeira quinzena de dezembro – seis novas operações. “Fizemos um esforço grande para finalizarmos a certificação antes da alta temporada e conseguimos. Agora vamos trabalhar para viabilizar o transporte de toda a mercadoria”, concluiu o superintendente.

 

Fonte: Assessoria Infraero


Autor: Caio Lobo

Ler todos os posts

Paulistano e Corinthiano, formado em Marketing porém dedicou sua experiência profissional, pós-graduação e MBA na área de Finanças. Temas relacionados à mobilidade urbana o fascinam, principalmente quando se fala de metrô.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

*