Aeroporto de Juazeiro do Norte completa 63 anos de operação

O Aeroporto de Juazeiro do Norte/Orlando Bezerra de Menezes (CE), localizado na região do Cariri, no Ceará, completa 63 anos na próxima sexta-feira (15). Com capacidade para atender 800 mil passageiros por ano, o terminal é um dos maiores e mais movimentados no interior nordestino, se destacando pelo turismo religioso.

Durante todo o ano, fiéis do padre Cícero Romão Batista procedentes de diversos pontos do país desembarcam no aeroporto para as romarias. Na sala de embarque, os passageiros podem apreciar a imagem de Padim Ciço, como é conhecido na devoção popular. No mesmo dia em que o aeroporto completa 63 anos de funcionamento, também é celebrado a padroeira da cidade, Nossa Senhora das Dores.

Com o terceiro maior polo da indústria calçadista do Brasil, Juazeiro do Norte também tem papel relevante no comércio e nos serviços da região. Com localização estratégica, a apenas seis quilômetros do centro da cidade e a oito da rodoviária, o aeroporto representa uma importante ferramenta para o desenvolvimento econômico e mobilidade da população para várias áreas do Cariri, não somente para o Sul e Centro Sul do Ceará, mas também para outros estados.  Atende ainda a população do noroeste de Pernambuco (PB), do alto Sertão da Paraíba (PB) e Sudoeste do Piauí (PI).

O superintendente do aeroporto, Rodrigo Siebra, afirma que o terminal é de extrema importância para o desenvolvimento do turismo religioso e negócios da região. “Um imprescindível equipamento para o desenvolvimento e fomento de toda a região do Cariri e demais cidades atendidas pelo aeroporto”, diz.

Atualmente, o aeroporto conta com voos para Petrolina e Recife (PE), Campinas e Guarulhos (SP), Fortaleza (CE) e Brasília (DF). As companhias que operam no terminal são: Azul, Gol e Avianca. No total, são 18 operações diárias entre pousos e decolagens. No ano passado, mais de 534 mil passageiros passaram pelo terminal juazeirense. O sítio aeroportuário compreende uma área de 1,28 milhão de m², e a pista de pousos e decolagens tem 1.800 metros de cumprimento por 45 metros de largura.

O aeroporto passou a integrar a Rede Infraero somente em 2012 e, desde então, vem passando por melhorias, como a reforma da sala de embarque e desembarque, além das obras de reparo na área de taxiamento de aeronaves, taxiway C. A área de taxiamento é o espaço onde são realizadas as manobras de aeronaves. “O trabalho de recuperação teve como objetivo manter os níveis de segurança das operações no terminal cearense”, lembra Rodrigo Siebra.

Em 2000, o terminal passou a ser denominado Orlando Bezerra de Menezes em homenagem a um importante político e industrial nascido na cidade. Entre vários cargos que ocupou como vereador e deputado estadual e federal, ele também foi prefeito de Juazeiro na década de 70.

 

Fonte: Assessoria Infraero


Autor: Caio Lobo

Ler todos os posts

Paulistano e Corinthiano, formado em Marketing porém dedicou sua experiência profissional, pós-graduação e MBA na área de Finanças. Temas relacionados à mobilidade urbana o fascinam, principalmente quando se fala de metrô.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

*