Governo Federal mantém trava para a linha 18

Havia uma esperança que a nota de risco do estado de São Paulo perante a União fosse revista para melhor po’rme nada mudou (relembre aqui).

O rating do Estado continua sendo C- pelo terceiro exercício executivo o que impede da gestão Alckmin conseguir financiamento para as desapropriações da linha.

Questionado pelo jornal Repórter Diário, o governo do Estado informou ter “expectativa” de que a nota de risco seja modificada até o fim do ano, quando a versão definitiva do boletim será divulgada pela União. O Palácio dos Bandeirantes aposta nas mudanças anunciadas pela STN na metodologia de avaliação usada para identificar as notas de risco.

“A expectativa é que, com a reclassificação baseada nos novos critérios, São Paulo receberá uma melhor nota”, informou o governo paulista, por meio de nota. “Cabe salientar que o Estado de São Paulo tem (nota) BB pela agência de risco Standard & Poor’s, mesma nota que o Brasil, e na Stand-Alone Credit Profile, uma nota intrínseca, fica com BB+, ou seja, acima da União”, completa o comunicado estadual.

 

Nesta segunda, 21, o governador Geraldo Alckmin postou, no seu Facebook, reclamação pela não mudança da nota.

 

 


Autor: Caio Lobo

Ler todos os posts

Paulistano e Corinthiano, formado em Marketing porém dedicou sua experiência profissional, pós-graduação e MBA na área de Finanças. Temas relacionados à mobilidade urbana o fascinam, principalmente quando se fala de metrô.

7 Comentários deste post

  1. E isso que o atual governo federal é amiguinho do partido do governador

    Gapre / Responder
  2. esta semana um dos trens da linha 15 irá até estação são lucas. Testes.

    antonio carlos / Responder
  3. É uma vergonha, o Governo Federal não cuida de sua casa e ainda prejudica os Estados que cumprem suas obrigações.
    São Paulo fez a lição de casa e é o Estado brasileiro com a melhor avaliação pela agência de classificação de risco S&P, o único mantendo o rating intrínseco acima do indicador brasileiro. No entanto, a burocracia do Tesouro Nacional, sem previsão de rever as notas dos Estados, impede que São Paulo avance e possa realizar novos investimentos. Saiba mais sobre o tema nessa reportagem da Folha de S. Paulo, publicada nesta segunda-feira.
    http://m.folha.uol.com.br/…/1911237-estados-com-melhores-no…

    Felix / Responder
  4. São Paulo carrega o país nas costas e o governo federal, que torra o dinheiro arrecadado aqui, nunca tem dinheiro para nada.
    Como de praxe, o estado tem que se virar sozinho, mesmo ficando com menos de 9% do que arrecada.
    Ainda assim, as maiores obras de infraestrutura no país estão atualmente em São Paulo…

    Ed / Responder
  5. Essa novela esta pior que as da Globo atuais.

    Rodrigo Santos / Responder
  6. Parece que o Santo do PSDB e o MT do PMDB, ambos denunciados em corrupção na Lava Jato não se entendem bem.

    Evaristo / Responder
  7. Isto é o que dá a quadrilha petista ter quebrado o país…Palocci confirmou o que todo mundo sabia quando entregou o “Grande Líder”…

    Ed / Responder

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

*