Osasco recebe 45 novos ônibus

Na manhã de quarta-feira, 19/07, o prefeito de Osasco, Rogérgio Lins, entregou à população 45 novos ônibus. Eles vão renovar a frota das duas empresas – Auto Viação Urubupungá e Viação Osasco – que exploram o transporte coletivo na cidade com linhas municipais e intermunicipais. A renovação da frota faz parte do contrato que as permissionárias têm com a Prefeitura e que as obriga a substituir todos os veículos que chegam a dez anos de uso. Dos novos ônibus serão 25 para a Viação Osasco e 20 da Urubupungá.

A cada renovação da frota, os novos ônibus vêm com novidades, inclusive, acompanhando os avanços tecnológicos. Os entregues na quarta-feira vêm equipados com dez pontos USB para carregamento de celulares, wi-fi em fase de testes e câmeras de monitoramento que vão auxiliar o sistema de segurança, uma vez que são acompanhadas em tempo real por técnicos nas garagens das empresas. São quatro câmeras em cada veículo, sendo três para registrar toda a movimentação interna a fim de garantir segurança aos usuários e a quarta com visão externa, instalada na dianteira do veículo.

Além dos equipamentos eletrônicos, os ônibus Mercedes Benz, ano 2017, possuem ar condicionado, três portas pneumáticas, sendo a central destinada ao elevador para acesso de cadeirantes. Outra novidade fica por conta do novo sistema de suspensão pneumática que provoca níveis menores de ruídos. Visando proporcionar mais conforto a todos, os novos ônibus possuem também dois lugares para pessoas obesas, alças de segurança e balaústres táteis amarelos, que facilitam a locomação de pessoas com deficiência visual. E para os motoristas, os carros oferecem ainda ajuste de altura do volante.

Luiz Augusto Saraiva e Roberto Bertolini, respectivamente, diretores das empresas Urubupungá e Viação Osasco, ressaltaram que essa renovação, além de fazer parte do contrato com a Prefeitura, vem também ao encontro da política das duas empresas no sentido de acompanhar a demanda e oferecer sempre a melhor qualidade aos usuários.

Ao falar sobre os novos ônibus, o prefeito Rogério Lins destacou que eles significam um grande avanço no transporte coletivo de Osasco. “O nosso compromisso é buscar sempre o bem estar do cidadão em todas as áreas de atuação da Prefeitura. Além do conforto que o usuário vai encontrar com wi-fi, carregadores USB para celulares e elevadores para cadeirantes, são ônibus que vão oferecer também maior segurança para a população com as câmeras de monitoramento”, disse o prefeito, que observou detalhamente as novidades. No final, Rogério Lins fez também um pequeno trajeto em um dos ônibus, acompanhado dos diretores das empresas, vereadores e secretários municipais.

 

Fonte: Assessoria de Imprensa – Prefeitura de Osasco


Autor: Caio Lobo

Ler todos os posts

Paulistano e Corinthiano, formado em Marketing porém dedicou sua experiência profissional, pós-graduação e MBA na área de Finanças. Temas relacionados à mobilidade urbana o fascinam, principalmente quando se fala de metrô.

8 Comentários deste post

  1. Os ônibus em Osasco é um caso curioso, tem bastante ônibus bom porém muito ônibus ruim tbm. Ao aguardar um ônibus, vc fica torcendo para que não venha um com pernilongos e tudo mais. Essa quantidade de ônibus novos (não sei se vão entregar mais outros novos ainda este ano) é muito pequena pra população realmente sentir uma melhora. Tanto pq as empresas costumam “guardar” os ônibus novos em determinados horários e dias, como em finais de semana. Ou seja, a frota não é ruim, mas longe de ser boa.

    Isso sem contar que a Urubupungá não permite a abertura da porta central para descida de passageiros não cadeirantes, por motivos técnicos, causando uma confusão em quem pega ônibus em outras linhas (viação Osasco, municipais de SP, por exemplo) e espera pra descer na porta do meio quando o ônibus está lotado.

    O.Juliano / Responder
    • Muito ruim eles não abrirem a porta do meio. Daqui a pouco vai ter um “efeito panqueca” nos bancos de trás por causa disso.

      Arthur Lira / (em resposta a O.Juliano) Responder
      • Sempre tem na verdade. Alguns motoristas ignoram a regra e abrem, principalmente quando o veículo está lotado. Mas quando há fiscalização, dá rolo.

        Anonimato / (em resposta a Arthur Lira) Responder
    • Uma vez eu mandei um e-mail a eles, e eles me responderam que “não se abre a porta do meio para evitar problemas ao mecanismo do elevador”.

      Respondi que há empresas que operam com veículos com duas portas e elevador – geralmente empresas antigas ou pobretonas tem disto, e os RTOs, claro. Além do mais, a área do elevador não é protegida e muitos ficam lá em cima das escadas. Só sei também que há algumas empresas além dela que adotam esta prática. Acho que uma delas é na região do ABC.

      A Urubupungá é meio esquisita. É uma grande empresa, mas tem jeitão de pequena… 😐

      Anonimato / (em resposta a O.Juliano) Responder
      • Eu vi em algum lugar que a Urubupungá faz parte do mesmo grupo da Santa Brígida. Sobre isso, uma vez eu liguei lá, me atenderam muito bem, diga-se de passagem, mas a informação foi a mesma: não abrem a porta do meio para preservar o equipamento do elevador. Inclusive, em alguns ônibus realmente eles colocaram um adesivo informando que é uma “porta exclusiva” para este tipo de serviço, porém não são todos os ônibus que possuem este adesivo.

        Gostaria de uma opinião de algum especialista da área, que conheça manutenção ou algo do tipo para verificar se é possível entrar com alguma reclamação na Prefeitura de Osasco ou até mesmo algum recurso na justiça ou se isso é permitido às empresas (decidir não abrir uma porta em perfeito funcionamento com escadas).

        O.Juliano / (em resposta a Anonimato) Responder
  2. Não é a empresa quem determina ou não a abertura da porta central do veículo mas sim a CMTO, órgão da prefeitura de Osasco responsável pela gestão do sistema de ônibus da cidade. Apenas reclamando na prefeitura de Osasco/CMTO , algo poderá ser feito.

    Ivo Suares / Responder

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

*