Licitação do VLT de Salvador é retomada

Foi derrubada a liminar  que suspendia o prosseguimento com o edital da licitação para a construção do VLT de Salvador, na Bahia, na última quinta-feira, 27.

 

As empresas interessadas na concessão do VLT, conforme o governo, continuam com o prazo de 28 de agosto para entregar as propostas de construção e execução do modal.

 

O VLT terá 19km de extensão e 21 paradas, ligando a região do Comércio a Paripe. Todo o percurso deve ser percorrido em 40 minutos.

 

O edital havia sido suspenso no dia 23 de junho pelo juiz Sérgio Humberto de Quadros Sampaio, da 7ª Vara da Fazenda Pública de Salvador.

 

Ele havia entendido que sem a suspensão do processo licitatório a administração pública corria o risco de celebrar com a concessionária vencedora um contrato com cláusulas prejudiciais ao patrimônio e interesses públicos.


Autor: Caio Lobo

Ler todos os posts

Paulistano e Corinthiano, formado em Marketing porém dedicou sua experiência profissional, pós-graduação e MBA na área de Finanças. Temas relacionados à mobilidade urbana o fascinam, principalmente quando se fala de metrô.

1 Comentários deste post

  1. Ou houve erro de transcrição, ou a fonte da matéria comprou a… mentirinha de alguém. Se a linha tem 19km e 21 estações, jamais a viagem de uma ponta à outra poderá durar apenas 40 minutos. Ainda mais em um modal com inúmeras passagens de nível, semáforos etc. Apenas nas paradas das 19 estações intermediárias gasta-se cerca de 20 minutos, ou mais. Para fazer 19km em 20 minutos, a velocidade deveria ser de 50km/h (sem contar a desaceleração nas estações), incompatível com a operação segura do modal. Em Santos, o VLT leva no mínimo 45 minutos para percorrer 11,5km e 15 estações.

    Arnaldo F / Responder

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

*