MRS pode fazer trecho do Ferroanel

O Ferroanel Norte pode ser construído pela empresa de trens de carga MRS Logística como compensação  para ter seus contratos prorrogados de concessão por mais 30 anos.

“Os objetivos são super meritórios”, disse o secretário de Articulação de Políticas Públicas do Programa de Parcerias de Investimentos (PPI), Henrique Amarante Costa Pinto. Ele explicou que estudos técnicos, ainda em curso, vão determinar se a combinação entre prorrogação de contrato e novos investimentos será possível nesse caso. O projeto do Ferroanel tem sido discutido entre técnicos do governo federal e do governo paulista.

“O Ferroanel é uma prioridade para o governo de São Paulo e para o governo federal”, disse.

A prorrogação de contratos de concessão está prevista na Lei das Concessões. A prorrogação pode ser feita através de um pagamento ao governo federal, que poderá ter a forma de investimentos em novas ferrovias, não necessariamente na própria malha.

O Ferroanel Norte deve ter  53km e está orçada em R$ 4 bilhões e passará às margens do Rodoanel Norte ligando as estações de Engenheiro Manoel Feio, em Itaquaquecetuba, até Perus.


Autor: Caio Lobo

Ler todos os posts

Paulistano e Corinthiano, formado em Marketing porém dedicou sua experiência profissional, pós-graduação e MBA na área de Finanças. Temas relacionados à mobilidade urbana o fascinam, principalmente quando se fala de metrô.