Obra de expansão da linha 9 já custa mais que o dobro do que o previsto

As obras de expansão da linha 9 – Esmeralda, da CPTM, foram inciciadas em 2013 e previa mais 2 estações após Grajaú: Mendes e Varginha. O projeto previa um gasto de R$ 350 milhões para a construção das 2 estações em 4,5km de via férrea em 18 meses. Agora, a previsão é de que a expansão não saia por menos de R$ 790 milhões.

 

Em 2013 até o fim de 2016, pouco se avançou na obra até que ela foi totalmente paralisada, após 39 meses do início.

 

Reportagem do G1 diz que onde veria começar as obras, após a estação Grajaú, se vê um terreno tomado por mato. O trajeto para as futuras estações ainda é um corredor vazio e as passagens subterrâneas, que chegaram a ser construídas, estão fechadas.

 

A reportagem ainda dá detalhes de como estão as obras das 2 estações.

A Estação Mendes, na região da Vila Natal, até teve a estrutura de parte do prédio montada, mas os avanços pararam por aí. Sobrou apenas o material usado na construção, abandonado no térreo. Os operários sumiram em dezembro do ano passado, quando o governo estadual parou oficialmente a obra de expansão.

Já na Estação Varginha, que seria a última da Linha 9-Esmeralda, a situação é ainda pior. Apenas dois esqueletos de concreto foram erguidos e, como o local fica aberto, sem portão nem segurança, virou ponto de descarte de entulho e de desova de carro. A reportagem do SPTV encontrou a carcaça de um veículo que parece ter sido incendiada ali mesmo.

A CPTM afirma que a obra está atrasada porque o dinheiro do PAC não foi disponibilizado. Já o Ministério das Cidades diz que o governo estadual não cumpriu as regras exigidas para receber a verba, tanto é que, para retomar a obra, terá de fazer uma nova licitação.


Autor: Caio Lobo

Ler todos os posts

Paulistano e Corinthiano, formado em Marketing porém dedicou sua experiência profissional, pós-graduação e MBA na área de Finanças. Temas relacionados à mobilidade urbana o fascinam, principalmente quando se fala de metrô.

12 Comentários deste post

  1. Maravilha gente. Esse é o psdb com seu jeito de governar. Alias alguém se recorda do lema deles? Para aqueles que ainda acreditam, aí está a preocupação que eles tem com o povo. Bem feito!! A gente não aprende mesmo, apanhamos, apanhamos e a gente acha bom.

    Joel / Responder
    • O negocio é mais vias para mais carros….que garantem a manutenção dos votos, principalmente no interior, onde a quantidade de inaugurações novas de pontes, duplicações e novas rodovias só pipocaram nos ultimos 20 anos….Já os trens regionais, apenas desativaram a malha deixada pela antiga São Paulo Raiways ao invés de fortalecer e modernizar, afim de trazer demanda.

      “…Governar é construir estradas…”

      que o transito CONTINUE PIORANDO MUITO…..pois quem vota em gestores incompetentes e sem compromisso com a mobilidade, só tem o que MERECE e tem que ficar cada vez mais tempo parado em congestionamento!

      Renato / (em resposta a Joel) Responder
  2. Parabéns ao excelente governo do PSDB! 20 anos de desgraceiras!!!

    Agnaldo Souza / Responder
  3. Nem 2 míseras estaçõezinhas com os trilhos já praticamente prontos o maldito psdb é capaz de entregar e, como se não bastasse, ainda superfaturam. E os idiotas ainda vão reeleger essa desgraça ano que vem pro governo de SP de novo!! Affff

    PS: Que se fodham os imbecis que vierem me atacar pra defender esse governo inútil, só de saber que esses otários estão se ferrando com esse governo de m* já me sinto vingado

    Gapre / Responder
  4. Pra mim não e novidade alguma, povo burro.

    Rodrigo Santos / Responder
  5. O Geraldo so não vai se reeleger pois não pode ser reeleito duas vezes, vão colocar o seu sósia o Doria, que não faz absolutamente nada, so propaganda.

    Pedro / Responder
  6. R$ 1755,56 por centímetro de via.
    Fica a informação para reflexão.

    tiago / Responder
  7. demorou mas apareceu todas as mentiras do nosso governador ainda bem que nas pesquisas eleitoral ele ta la embaixo cade o tren regional são vinte anos a expanção do metro aonde eles vão buscar mais desculpas todas obras paradas no brasil todo mundo sabe o que ta acontecendo em são paulo ainda bem que isso ta acontecendo o povo ta vendo a imprensa ta encima só assim ele vai sair defenitivamente do governo isso me lembra aditadura espero que as escola de samba retratam isso no carnaval lembram deste reflão me da me da o que meu são vinte anos que o governo comeu viva 2018 viva fora psdb de são paulo .

    ailton gomes da silva / Responder
  8. esse é o nosso TUCANISTÃO, hahahahahahaha

    haroldo / Responder
  9. Concordo plenamente de todos vocês. E o povo não aprende. É brincadeira! O trem de Guarulhos, era para ser inaugurado na Copa de 2014, até agora! Só em 2018, e olhe lá!

    Juarez Costa / Responder
  10. E olha que esse trecho praticamente não precisa desaproriação,pois ja existia uma ferrovia no trecho.

    Mauri / Responder
  11. Isso demonstra o nivel da incompetencia gestual desse governo. São duas estações, com vias em superficie (não tem tuneis para escavar) e as pontes não são transposições de grandes rios.
    Concessionar seria a solução para executação imediata desse trecho? Talvez! Mas isso não muda a incopentencia desse gestor e de seus subordinados diretos.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

*