Doria recua e diz que marginais não serão privatizadas

O prefeito de São Paulo recuou nesta terça, 9, com relação a privatização das marginais Pinheiros e Tietê (relembre aqui). Diante da recpercussão negativa que a notícia causou, Doria negou a intenção:  “Nós não pensamos em nenhum tipo de concessão nem de privatização nem de PPP em relação às marginais”, disse.

 

Novamente questionado, a equipe do prefeito diz que a reunião com Alckmin nesta sexta foi para discutir transportes de modo geral.

 

“Estamos desenvolvendo um estudo, quero deixar muito claro, nós não vamos privatizar a marginal nem Pinheiros nem Tietê, isso não faz sequer parte de um estudo inicial. Estamos avaliando a possibilidade de melhorar a integração das rodovias concessionadas do Estado com as marginais”, disse Doria nesta terça.

 

O prefeito também negou que vá implantar pedágio urbano na cidade.


Autor: Caio Lobo

Ler todos os posts

Paulistano e Corinthiano, formado em Marketing porém dedicou sua experiência profissional, pós-graduação e MBA na área de Finanças. Temas relacionados à mobilidade urbana o fascinam, principalmente quando se fala de metrô.

43 Comentários deste post

  1. Gestão Facebook. Após intensos estudos de popularidade na internet são tomadas as decisões da cidade.

    O.Juliano / Responder
    • Nisso ele ta certo, se é um projeto que não tem suma importância e não agrada a maioria , faz bem engavetar, só deve manter e bater de frente quando o projeto for essencial a população.

      Mauri / (em resposta a O.Juliano) Responder
      • Tá “serto”…

        O.Juliano / (em resposta a Mauri) Responder
        • Na verdade sempre foi assim, Juliano. Algumas vezes os políticos costumam “jogar na mídia” alguma ideia para ver se tem aceitação. Mesmo antes da internet, basta um político falar em um palanque ou jogar em um jornal e esperar as respostas.

          O ponto é que essa da concessão acho que foi estupidez múltipla: do Doria em não deixar claro as posições, da mídia ao especular, e do povão ao não desconfiar. Doria é lobista, o pessoal vem descobrindo isso.

          Anonimato / (em resposta a O.Juliano) Responder
          • Sim, concordo que isso acontece desde o início da política. Porém, com a internet, acredito que ainda seja uma onda nova. Essa forma “marketeira” de política do Doria é precursora de muita coisa e de outras não, pois temos outros exemplos como Bolsonaro também. Podemos ver como dezenas de outros prefeitos eleitos estão levando o “estilo Doria”

            Sobretudo, diferente das cópias dorianas, o Doria é muito inteligente na forma de lidar com a mídia e o público. Ele sabe como, após falar algo, desfazer o que disse de maneira a levar a população a acreditar que ele está realmente estudando, ao invés do mais comum que é: ele está apenas especulando.

            Sabemos que políticos são políticos. Uma das coisas que critico especificamente no Doria é essa maneira soberba dele, de achar que é superior a todos apenas por ter essa inteligência que realmente poucos têm. Se ele tivesse mais humildade e pensasse mais no humano, acredito que ele seria um personagem político MUITO importante, principalmente neste momento. Porém, pra mim, ele é apenas mais do mesmo.

            O.Juliano / (em resposta a Anonimato)
  2. Como esse maluco só se preocupa com quem anda de carro…E o transporte publico em segundo plano. Kd os novos corredores de onibus? Não tem….

    E o BRT…? também não tem.

    Daqui a pouco ele aparece anunciando novas pontes e avenidas, é esperar para ver!

    Tiago / Responder
    • poww www120 dias de mandato e ainda não fez corredores e BRT…
      ta muito devagar não é mesmo?
      Queremos Haddad de volta, urgente!
      #SQN

      Vítor P. Gabriel / (em resposta a Tiago) Responder
      • Não precisa esperar os 4 anos até o fim do mandato do Dória (se é que ele vá concluir) pra saber que ele não fará nenhum corredor de ônibus; basta ver o partido dele há 24 anos no governo do Estado sem concluir nenhuma linha de metrô.

        • Hum…

          – Linha 2 terminada em gestões PSDB
          – Linha 5 iniciada em gestão PSDB, conclusão de projeto principal previsto para o ano que vem. Mas bem adiantado.
          – Linha 4 iniciada e terminada em gestões PSDB
          – Requalificação de linhas da CPTM iniciada em gestões do PSDB. Concluídas: linha 9.

          Cara, antes de dar uma de anti algo, analise a fundo. Os caras podem ser atrasados, mas se quer argumentar bem, diga a verdade e só. Grato.

          Anonimato / (em resposta a Gapre) Responder
          • Linha 2 INICIADA em gestão do PMDB e não concluída até hoje até Guarulhos;
            -Linha 5 ainda não concluída e sabe lá Deus se concluirão mesmo
            -Linha 4 concluída onde??????? Já chegou na Vila Sônia e eu não tô sabendo??????
            -Linha 9 concluída onde????? Faltou Mendes e Varginha, esqueceu??????

            Cara, antes de vir babar ovo do PSDB vá pesquisar direito as coisas, não fica só com raivinha de mim postando falácias e mentiras só pra tentar me desqualificar, seu papel de troll supernanny tá ridículo.

            Gapre / (em resposta a Anonimato)
          • PS: linha 5 tá BEM adiantada mesmo com seus 5 ou 6 anos de atraso, rs

            Gapre / (em resposta a Anonimato)
          • Linha lilás começou a construir em 1998, estamos em 2017 e até hoje não terminou…

            Linha verde levou 20 anos para chegar a V.Prudente
            Linha amarela é um projeto da decada de 60, começou a construir em 2004 e até hoje não terminou e ainda tem estação que nem está sendo escavada (Taboão da Serra)

            Expresso ABC nunca saiu do papel
            Expresso aeroporto levou mais de 10 anos para sair e virou apenas o trem de Guarulhos com ramificação para o aeroporto…e um ramal da linha 12. E não está pronto ainda.

            Mesmo com mais de 20 anos de PSDB no Estado, não terminaram nenhuma das linhas que começaram lá atrássssss…..kkkkkkkkkkkkkkkk

            Tiago / (em resposta a Anonimato)
          • Sério que começou na gestão do PSDB e vai terminar na gestão do PSDB?

            Pô, os caras estão ai desde 1994 e até hoje não concluiu nenhuma das linhas que começou na decada de 90 (com excessão da linha 4)

            20 anos para terminar uma linha, tenha dó. Seul começou e concluiu uma linha de monotrilho de 24 km em menos de 5 anos!

            Esse partido que está ai já deu e está na hora de trocar tb, a exemplo do PT em Brasilia.

            Renato / (em resposta a Anonimato)
        • Linha 2 concluiu em gestão PSDB.
          Linha 4 iniciou e terminou sua estrutura básica (Luz – Butantã) em gestão PSDB. Ou seja, entregou funcionando. Vale para as outras linhas atuais.

          O que está pendente são projetos já prometidos e não feitos (como monotrilhos e algumas extensões) e algumas obras em rítmo lento (linha 13).

          O problema pior do PSDB é que prometem para amanhã e entregam anos depois. Eles tem que parar com isso. Já perderam demais.

          Anonimato / (em resposta a Gapre) Responder
          • Ah tá, sua lógica é diminuir os trechos prometidos pra dizer que foi tudo entregue. Tá “serto”!

            Gapre / (em resposta a Anonimato)
          • Anonimato, sei que está querendo ser justo, mas convenhamos que entregar parte de linha não deveria entrar na conta de linhas entregues uma vez que, para uma linha ser dada como “entregue” ela deveria ser entregue por completa, concorda?

            A Linha 2, mesmo com as obras demoradas, sim, foi entregue e ainda ocorreu algumas ampliações como a que utilizamos hoje, que vai até Vila Prudente. Foi prometido uma nova extensão até Guarulhos, mas não era a proposta do projeto original então ficou como uma, das muitas, promessa enganosa, porém concordo contigo: a Linha 2 foi entregue.

            Agora, a Linha 4, esta descaradamente não foi entregue, inclusive gerando ônus aos cofres públicos com a multa prevista em contrato que o Governo teria que pagar caso não a entregasse à concessionária. Uma parte importante está em operação? Sim, está, e isso já é pelo menos alguma coisa. Mas o status da Linha 4 é o de não entregue por completa, gerando frustração da sociedade que a esperava para até 2014 e prejuízos para os cofres públicos.

            Existem diversas outras obras que foram entregues sim, dentro ou fora do prazo, mas muita coisa que ficou foi iniciada e andou (ou anda) a passos de tartaruga e ainda mais coisas que ficaram só nas promessas.

            O.Juliano / (em resposta a Anonimato)
      • Ué, então exagerar os feitos em 100 dias como ele faz pode mas cobrar obras em 120 não pode? #comofaz

        O.Juliano / (em resposta a Vítor P. Gabriel) Responder
        • Não discordo totalmente do que escreve, mas o ponto é que:

          – Considero entregue pois funciona e realiza sua função básica principal.
          – Apesar de serem projetos antigos e terem mais extensoes, se pensar desta maneira, então a Linha 3 por exemplo está incompleta pois falta Lapa e Pompéia.
          – A linha 4 acabou virando uma armadilha para o próprio governo devido aos contratos feitos. Se bem que não duvido que é uma arapuca que o próprio governo fez para ser pego por si mesmo. Meio maluco esta teoria, mas noto que alguns lugares (até na cidade onde estou) tem problemas com contratos que criam problemas se você tentar cancelar porque o outro errou. Do jeito que a Lava Jato está, daqui a pouco o governo paulista fica travado, só esperar a questão do Lula e as briguinhas de interesses do STF. Nisso vai mostrar este problema dos contratos mal feitos e que protegem mais o contratado que o contratante.

          Anonimato / (em resposta a O.Juliano) Responder
          • Recortei essa parte aqui “Se bem que não duvido que é uma arapuca que o próprio governo fez para ser pego por si mesmo.” para ratificar bem. Pois eu também não duvido de nada quando o assunto é dinheiro!

            Mas sim, pra mim as extensões são projetos a parte. Sinceramente não sei sobre a Lapa e Pompéia na Linha 3, mas se foram promessas de extensão, essas promessas que não foram entregues, agora se faziam parte do projeto original, aí sim, a Linha 3 se caracterizaria como “não entregue”, uma vez que não foi entregue 100%.

            Eu toco nesse ponto do entregue e não entregue pois vivemos num país em que a corrupção sempre chegou de mansinho e de repente deu um salto. É mais que normal que nós acabemos ficando mais conformados com a situação. Como apoiar o slogan do Maluf (que rouba mas faz!) afinal tem gente aí que só rouba e não faz nada. O problema disso é que vamos levando as coisas desse jeito “não foi entregue 100% mas foi entregue alguma coisa, então está bom” quando sabemos, mesmo que no fundo, que não está bom, pelo contrário, às vezes não está nem regular, mas como a faixa foi cortada na inauguração, nos satisfazemos pelo menos em parte.

            Embora tenhamos nossas posições políticas e sociais, eu ainda tento manter certa racionalidade pra não ver apenas o que eu quero, mas sim reconhecer os feitos da gestão, atrasados ou não. O difícil é ver entregas realmente importantes e menos falcatruas…

            O.Juliano / (em resposta a Anonimato)
      • O problema não é os 120 dias de gestão. O problemna é que no plano de METAS do Doriana NÃO TEM NADA de expandir ou construir NOVOS CORREDORES. De BRT só fazer gambiarra nos atuais corredores e só.

        • Se ele ajudar o Estado a construir mais Linhas de Metrô é melhor que corredor , faixa de onibus etc… Prefeitura deveria assumir uma PPE, Parceria Prefeitura Estado em Linhas de Metro.

          Felix / (em resposta a Tiago) Responder
          • Ler que “é melhor investir apenas no metrô porque é melhor que corredor” (e/ou BRT) é triste… A questão não é um ser melhor que o outro, é buscar o equilíbrio entre os modais.

            E convenhamos que, SE o Doria realmente não se candidatar a governador ano que vem, dificilmente a Prefeitura terá recursos pra investir no transporte público terrestre e ainda investir em metrô. Mas se por acaso ele se candidatar a governador, acho que nem precisa ser Mãe Dináh pra adivinhar quais serão as promessas do político-gestor-que-diz-que-não-é-político.

            O.Juliano / (em resposta a Felix)
          • Entre falar e fazer, existe um abismo enorme…xD

            Renato / (em resposta a Felix)
          • O felix lembra a escrita do caiocoo da commu, um chato de galocha diga-se de passagem

            Anonimato / (em resposta a Felix)
      • O “Só que não” (conhecido também pela #SQN) é um retrato da juventude hedonista dos anos 2010, alimentado pela ltura dos trolls, os mesmos que torcem para Bolsonaro ser presidente. O mulo da ironia, atrelado ao ego e a vontade de ser um rebelde em tempos que não se pede rebeldia.

        É o símbolo do “pombo enxadrista”, que ao ver seu argumento derrubado no xeque, derruba as peças, caga no tabuleiro e saí voando cantando vitória. O “#SQN” é o cocô do pombo, que virou as caras e voou alegando que o jogo ganhou. Que a ironia venceu. Que os frustrados serão exaltados.

        Anonimato / (em resposta a Vítor P. Gabriel) Responder
  3. Opa, vamos negociar, sim.
    Pedágio urbano, Marginal privatizada, vamos sentar e negociar.
    Em troca, o fim do IPVA, do ICMS nos Combustiveis (25% na gasolina), etc….
    Que tal, hein Dória????

    Ivo / Responder
    • Que tal vc se calar, hein, Ivo?

      Gapre / (em resposta a Ivo) Responder
      • Especial para o Gapre, A Estação Suzano da CPTM acaba de ganhar um novo bicicletário com capacidade para 576 bicicletas. Também entregamos a passarela de acesso da estação à rua Dr. Prudente de Moraes.
        http://www.saopaulo.sp.gov.br/…/cptm-inaugura-bicicletario…/

        Felix / (em resposta a Gapre) Responder
        • Ué, mas vc não odeia bicicletas e ciclistas? O que é que te deu, Tukano?

          Gapre / (em resposta a Felix) Responder
          • Gostar ele gosta, mas não mostra fotos da relação (tal como tu).

            Anonimato / (em resposta a Gapre)
        • “entregamos”, kkkk, já se entregou como funcionário do psdb mesmo

          Gapre / (em resposta a Felix) Responder
          • Gapre e anonimato, pena que vcs têm memorias curtas, parabéns, autenticos brasileiro conservam o DNA.Sempre afirmei que ciclofaixas, ciclotintas etc mais de 4 kms era isanidade numa cidade vomo São Paulo para locomoção casa x trabalho.Em Estações de Trens ou Metrôs é perfeitamente admitido e útil para quem reside a uma distância de até 4 kms.O mêsmo tenho defendido ligações de Trolebus para ligações bairros x Estações como circulares intra bairros Estacoes x Trens/Metro.

            Felix / (em resposta a Gapre)
          • E tu é um funcionário do PT. Eis a sua hipocrisia. Não reclame da alheia se não querem que reclame da sua. Ou gosta de ficar “em torcida?”

            Anonimato / (em resposta a Gapre)
        • Depois de mais de 10 anos…..xD

          Mas kd o Expresso Leste até Suzano e o fim da Baldeação em Guaianases?

          Felix, saia do carro e passe a usar as linhas da CPTM todos os dias durante 6 meses. Depois de conhecer a dura realidade, quero ver se vai continuar babando ovo desse lixo do PSDB e esse Pinoquimin 171 de merda ai

          Renato / (em resposta a Felix) Responder
        • Distancia de até 4 km? huahauhau Nada a ver, típico de quem não sabe nada sobre mobilidade urbana e transporte ativo mesmo. 4km é o que muita gente da perifa ANDA A PÉ….

          Estudos de mobilidade apontam que a bike é viavel para distancias MÉDIAS de ATÉ 10km….
          Vai se informar melhor antes de falar groselhas que vc ganha muito mais!

          Marcelo / (em resposta a Felix) Responder
          • É pq ele se baseia no que vê na Internet, deve ter visto na chamada da caloi

            Alexandre i / (em resposta a Marcelo)
      • Vc quer calar os demais comentaristas que não concorda com sua opinião. Me ajuda ai, ô.

        Felix / (em resposta a Gapre) Responder
        • Você não é tão diferente do Gapre ou Renato. Fico me perguntando no fundo se vocês não se conhecem pessoalmente e ficam provocando os outros aqui nos comentários para fazer estudos sociais…

          Anonimato / (em resposta a Felix) Responder
          • Ah tá bom, Anonimato, já vc não cerceia o direito dos outros de dar opinião nem fica provocando ninguém, né? Hipocrisia imperando…

            Gapre / (em resposta a Anonimato)
          • Caro, preste atenção no que escrevo, procuro emitir opinião sobre assunto tratado, infelizmente os opositores das obras não aceitam posições favoráveis as obras executadas.

            Felix / (em resposta a Anonimato)
          • “Os opositores” é ótimo hahaha poderemos ter uma surpresa nas eleições a governador em 2018 #Felix45

            O.Juliano / (em resposta a Anonimato)
        • Já ouviu falar de “arguemento escorregadio?” Vc me parece bem especialista nisso. É como sempre digo: se o pessoal do viatrolebus mantém esta seção de comentários, ou é porque o pessoal gosta de ver o circo pegar fogo ou é porque não tem tempo mesmo de lidar com um bando de loucos. OU talvez estejam planejando um dossie para processar todo mundo também.

          Anonimato / (em resposta a Felix) Responder

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

*