Cartão BOM deixa de ser necessário em integração EMTU e Linha 5

A partir desta sexta, 12, está liberada a integração entre ônibus intermunicipais da EMTU, trem e metrô nos terminais Campo Limpo e Capão Redondo.

 

Antes, era necessário usar o cartão BOM na integração entre os transportes. Agora é possível comprar os bilhetes em dinheiro. Em nota, a Secretaria dos Transportes Metropolitanos afirmou que os créditos comprados pelos passageiros não serão devolvidos.

 

Segue nota da Secretaria de Transportes Metropolitanos:

 

“Em atenção aos usuários das linhas de ônibus intermunicipais dos terminais Campo Limpo e Capão Redondo, onde é permitida integração com o sistema metroferroviário, a Secretaria dos Transportes Metropolitanos (STM) informa que a partir da sexta-feira, 12/05/2017, não será mais necessária a utilização do cartão Bom nos Trilhos para o acesso ao Metrô, que voltará a ser liberado. A compra de bilhetes poderá ser feita novamente em dinheiro.

Esta determinação valerá tanto para aqueles que vão acessar o sistema metroferroviário a partir das linhas intermunicipais, quanto no sentindo inverso, ou seja, deixar o Metrô e CPTM e usar as linhas de ônibus intermunicipais.

É importante esclarecer também, que os créditos efetuados no Cartão Bom nos Trilhos poderão ser utilizados no Metrô, na CPTM e na EMTU, sem qualquer prejuízo ao cidadão.

A STM coloca-se à disposição para resolver qualquer dúvida por meio de sua Ouvidoria – http://www.stm.sp.gov.br/.”


Autor: Caio Lobo

Ler todos os posts

Paulistano e Corinthiano, formado em Marketing porém dedicou sua experiência profissional, pós-graduação e MBA na área de Finanças. Temas relacionados à mobilidade urbana o fascinam, principalmente quando se fala de metrô.

5 Comentários deste post

  1. Que nota maliciosa! A STM parece oferecer uma facilidade, mas na verdade é uma complicação para os usuários da EMTU que precisem usar o Metrô. Todos os cartões BOM deveriam estar integrados ao Metrô, pois é impossível chegar ao centro de São Paulo usando apenas ônibus intermunicipais.

    Airton Reis Jr / Responder
  2. Para que essa frescura de impor goela abaixo o uso de um pseudo cartão para fazer uma simples integração entre onibus e metrô?

    Não fazem bosta nenhuma para melhorar o transporte metropolitano e ainda mais essa.
    Bem feito para o povo BURRO que insiste em votar e manter essas corjas citadas na LAVA JATO no poder.

    Como sou feliz por não ter votado nesses lixos!

    Renato / Responder
  3. não é possivel uma unificação entre o bilhete unico municipal e o bilhete metropolitano?

    haroldo / Responder
  4. Mas o bom não é aceito nos ônibus intermunicipais e nas estações de trens e metrô ? ou esse era outro tipo de cartão?

    Mauri / Responder
  5. No ano de 2004 as linhas intermunicipais provenientes de Embu e Itapecerica da Serra com destino final o Largo 13 em Santo Amaro foram seccionadas para desafogar o viário e também aumentar a demanda da ociosa linha 5 do metrô, que na época levava somente 22 mil pessoas/dia. Desde então o passageiro embarca no ônibus nessas cidades e gratuitamente pode pegar o Metrô EM CAPÃO REDONDO OU CAMPO LIMPO, para seguir para o seu destino final. O que aconteceu foi que em janeiro/2017 o governo queria cobrar por essa integração. Sem sucesso, voltou atrás. Então, no mês de abril foi instituído que se você quer fazer a integração, deverá possuir o cartão BOM. Alegando deixar a integração mais “disciplinada”. Gerou polêmica novamente, e a notícia agora diz que o governo voltou atrás. É, parece que teremos um novo capítulo nessa novela no futuro.

    Rafael de Souza / Responder

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

*