Doria confirma remoção de ciclovias na cidade

O prefeito de São Paulo, João Doria, confimou nesta quinta-feira, 20, que irá remover algumas ciclovias na cidade, principalmente na periferia. Segundoele, estào nas miras as que são consideradas perigosas ou não tem movimento.

 

“Não vamos inibir as ciclovias e nem a utilização de bicicletas em ciclovias e ciclofaixas. Apenas vamos fazer uma readequação, principalmente onde elas não podem ser usadas de forma segura, como é o caso da rua da Consolação e onde não há utilização de bicicletas. Nesses casos, elas deixarão de existir”, disse.

 

Doria diz que alguns comerciantes estão sendo prejudicados por elas. “Na periferia há várias ciclovias que não têm ciclistas. E elas, na verdade, prejudicam o comércio varejista”, afirmou.

 

“Entre uma ciclovia sem ciclistas e a sobrevivência de famílias, eu fico com a segunda, eu fico com as famílias que precisam sobreviver e seus comércios que precisam ter clientes”, disse.

 

O prefeito porém fez ressalvas. “Onde elas são úteis na mobilidade e no lazer, ou em ambos, elas serão preservadas e mantidas”, afirmou.


Autor: Caio Lobo

Ler todos os posts

Paulistano e Corinthiano, formado em Marketing porém dedicou sua experiência profissional, pós-graduação e MBA na área de Finanças. Temas relacionados à mobilidade urbana o fascinam, principalmente quando se fala de metrô.

18 Comentários deste post

  1. “Uteis ou de mobilidade”

    Que não estejam atrapalhando e nem tirando espaço do carro!

    Renato / Responder
  2. Atitude meramente política, pra tirar algo do que foi feito na gestão anterior

    Gapre / Responder
  3. Menos 100 pontos ao Doria. E cadê o Avelleda para criticar isso? Caramba, tou ficando chateado com ele por deixar o Doria fazer estas coisas…

    Anonimato / Responder
    • Avelleda parece que está sem voz (apenas uma carinha bacana pra manter na secretaria) ou que realmente compartilha do mesmo pensamento do Doria. De qualquer forma não está ajudando em nada.

      Eu ainda acho incrível errarmos pela segunda vez sem planejamento e estudo nenhum… O que tanto foi criticado no Haddad (me incluindo nisso) está acontecendo o mesmo com o Doria: um simplesmente saiu criando ciclofaixas a rodo, muitas sem as tão importantes conexões; e agora o outro vem tirando sem mais nem menos, se importando menos ainda para as tão importantes conexões.

      Erro sobre erro sobre erro sobre erro(…)

      O.Juliano / (em resposta a Anonimato) Responder
  4. Ele fez uma contagem nas ciclovias para dizer que não há ciclista?

    Alex / Responder
  5. Ta começando os arrependimentos! Bem feito!!

    Joel / Responder
  6. æ Doriana, vamos tirar as calçadas sem uso tb, pois quem pensa que não existe, sugiro que pesquise no google que vai encontrar….

    Marcelo / Responder
    • Argumentar que ciclovias são importantes tudo bem, mas parem desses exemplos de “tira calçada sem movimento” ou tira a rua sem movimento, pois a bicicleta pode continuar a andar na ruas, e antes que vc fale que o pedestre também, lembre-se que a bicicleta é um veículo (meio de transporte).

      Mauri / (em resposta a Marcelo) Responder
      • E o pedestre anda aonde cara-palida? Calçada…

        E calçada sem movimento tem que ser tirada, se for partir dessa premissa furada de “ciclovia” sem uso.

        Tiago / (em resposta a Mauri) Responder
  7. “sobrevivência de família x ciclofaixas”

    Eita! Agora até tocou meu coração. Vamos retirar tudo porque as ciclofaixas realmente devem estar falindo comércios de pessoas pobres que só tem aquilo para sobreviver : (

    O.Juliano / Responder
    • seria melhor escrito entre as famílias dos ciclistas e a família dos comerciantes fico com a família dos comerciantes.

      Alexandre i / (em resposta a O.Juliano) Responder
  8. Ou seja prefere carros.

    Rodrigo Santos / Responder
  9. Acho um absurdo esse argumento da Consolação, a via é mais que propícia para o ciclismo. Não estamos falando de uma rodovia a 120 km/h e sim uma avenida a 50 km/h. Alguém avisa o Doria que o perigo está na educação dos motoristas (isto sim ele deveria cuidar) e não nos ciclistas que “adquirem velocidade”. Palhaçada.

    Andre / Responder
  10. Retrocesso após retrocesso…

    Stenio / Responder
  11. Acidentes na ciclovia da Consolação = 0
    Estudos demonstrando que o comércio perdeu clientes com implantação de ciclovias = nenhum

    Os fatos falam por si. Não há embasamento para isso, apenas politicagem. Como em 3/4 da gestão Dória até o momento.

    Jose Rocha / Responder
  12. E como fica essa estrutura montada de acordo com as leis de trânsito e de mobilidade urbana? Ciclorrotas não é um projeto q possa substituir o equipamento ciclovia. A prefeitura anterior as fez, de acordo com projeto de 30 anos e embasada no comprimento do prefeito q assumiu em 2013( todos os candidatos assumiram essa promessa). Acredito que uma ciclovia possa ser desfeita, desde q outra seja colocada em outro lugar nesse perímetro mas não desmontada. 468 km de ciclovias tem q ser mantidas, isso deveria ser sacramentado.

    Jean / Responder
  13. vc lê o titulo achando q são todas, e quando vai ler não daria nem 10 km..

    R / Responder

Deixe uma resposta para Renato Cancelar resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

*