Trens da Frota P começam a circular na Linha 5

Neste domingo, 19, 6 novos trens da frota P começaram a circular na linha 5 – lilás, do Metrô. Já são 8 trens testados porém só circulam 6 devido a demanda. O sistema CBTC também começou a funcionar. A nova frota passará por testes e por agora, só rodará aos domingos. A expectative é que os trens comecem a operar também aos sábados em abril.

 

A frota P, da CAF,  possui sistema duplo de ar-condicionado, portas mais largas, corredor entre os vagões (iguais aos da linha 4 – amarela), câmeras de monitorament e segurança, sistema de freios antideslizantes e antiderrapantes, iluminação LED, mapa dinâmico que mostra as estaçòes percorridas, sistema de detecção e combate a incêndios, além de mensagens sonoras gravadas, que se adequam ao nível de ruído dentrp do trem e regulam seu volume automaticamente.

 

Essa frota de 26 trens foi adquirida para atender a demanda da expansão da linha que deve ser quase totalmente entregue este ano.


Autor: Caio Lobo

Ler todos os posts

Paulistano e Corinthiano, formado em Marketing porém dedicou sua experiência profissional, pós-graduação e MBA na área de Finanças. Temas relacionados à mobilidade urbana o fascinam, principalmente quando se fala de metrô.

35 Comentários deste post

  1. Eu achei que com essa entrega os trens já iam começar a operar em operação comercial durante a semana, mas nem isso ainda.

    Nem tartaruga anda tão devagar assim, meu Deus do céu, o setor público deste país precisa ser reiniciado do zero, tá tudo errado.

    Moises / Responder
    • Tem que se lembrar que existem normas para o teste dos trens (salvo engano, estes trens não foram postos para funcionar já faz mais de um ano). Vai demorar (infelizmente) para entregar a frota por causa disto. Isso para o bem ou para o mal sempre foi assim. Lembremos que a entrega dos trens reformados também demoraram, tal como os trens novos da CPTM e linha Verde.

      Anonimato / (em resposta a Moises) Responder
  2. Concordo com vc Moises, a maior parte das coisas que é pública é ruim. Temos é que privatizer tudo.

    Jurandir / Responder
  3. Vixi, é uma demora danada, trens estragando, mas tem um porém,teve uma reportagem que disseram que esses trens era de outra bitola,e agora? o jornalista vai se retratar?Sobre os trens parados ele acertou, mas sobre as bitolas rsrss

    Mauri / Responder
    • A questão da bitola é porque como os trens foram entregues à dois anos atrás, uma ideia proposta seria usar o trem em outra linha. No entanto tecnicamente respondendo, precisa adaptar a bitola, e isso demanda dinheiro.

      Anonimato / (em resposta a Mauri) Responder
  4. É a tal da “jestão” do PSDB = Tartaruga em que nos últimos 20 anos teve o Santo e o Careca, segundo a Odebretch, no comando.

    Evaristo / Responder
    • Passa quantos quilometros de Metrô/CPTM ,as obras e a troca da frota no Periodo de Mário Covas até hoje.Repetir discurso fácil como papagaio não acrescenta nada nos comentários. De uma pesquisada como era a linha 2 Verde e apos6esse período.

      Felix / (em resposta a Evaristo) Responder
      • Santiago no Chile começou a construir seu metrô na mesma epoca e hoje tem o dobro da malha que SP.

        Seuol na Coreia construiu e entregou um monotrilho de 24 km em menos de 5 anos. Já em SP o monotrilho da linha 15 só tem um rabicho que liga nada a lugar algum entregue, do total de 26,6km

        Enquanto isso, SP do PSDB com 1km de metrô por ano leva 20 anos para construir cada linha de metrô.

        Linha 2 levou 20 anos para chegar a V.Prudente
        Linha 4 levará 21 anos para ter seus 12,8 concluídos, se entregar as ultimas 4 estações até 2019.
        Linha 5 começou a construir em 1998 e só vai terminar em 2018 – 20 anos em obras
        Linha 6 começou a 2 anos e já parou…essa é outra que só vai chegar a Cidade Lider em 2038

        E nem comento os 2 monotrilhos….

        Enquanto houver tolos como você defendendo e insistindo em votar e manter o PSDB no Estado, nada vai mudar e tudo continuará de igual a pior . . .

        Continue acreditando em papai noel e nas mentiras do Malckimin e sua trupe

        Renato / (em resposta a Felix) Responder
        • Santiago no Chile teve ditadura na época da construção do Metrô. (algo parecido com o que houve no Brasil :p )

          Coréia do Sul tem uma cultura bem diferente da brasileira, onde se busca mais eficiência que outra coisa.

          Brasil só tem gente que vive reclamando e xingando de ambos os lados ao invés de se unirem para fazer algo bom. Até porque um adora “dar rasteira” no outro para ter o privilégio de ganhar dinheiro de uma obra superfaturada…

          Anonimato / (em resposta a Renato) Responder
        • Os metrôs citados tiveram todos investimento federal maciço de seus países, diferente do metrô paulistano. Informem-se melhor antes de dar copy paste…

          Ed / (em resposta a Renato) Responder
          • Santiago e Seul são Capitais Federais de seus respectivos paises, usam a verba de todo pais para construir seu meio de Transporte, diferente de São Paulo que envia 92 %de seus impostos para o Governo Federal.

            Felix / (em resposta a Ed)
  5. Frota abandonada desde 2013 no pátio e agora ainda ocorrerão “testes”. O Governador tinha era q ter vergonha de ir la e fazer o msm discurso que repete a 20 anos. Mas é o Santo e vergonha é o q ele com certeza não tem!

    Cris / Responder
  6. Esquenta não pessoal. Ano de 2018 tem eleições gerais, e qualquer um que esse psdb indicar para governador vai ganhar. Vão escolher um não politico, o povo se deixa ganhar e eles vão ter mais 4 anos. Maravilha para SP. Alias, meu pai e minha mãe, e que são políticos. Ta na hora de acordar, ou não?

    Joel / Responder
    • Pelo menos o Estado não faliu como Rio Grande do Sul, Minas Gerais, Rio de Jabeiro e o Brasil.E ainda de quebra avançou com a inauguração do VLT em Santos, inúmeras obras pelo interior e deu andamento na Rodovia dos Tamoios, Rodoanel Norte, Metro, Monotrilho e CPTM.Acho que está bastante razoável num momento de crise deixado pelo desgoverno Federal anterior.

      Felix / (em resposta a Joel) Responder
      • Estamos falando de SP e em nivel estadual, não federal. Os outros Estados NÃO ME INTERESSAM.

        Não é só pq os outros estão piores que aqui está bom.

        Renato / (em resposta a Felix) Responder
    • Pelo menos o Estado não faliu como Rio Grande do Sul, Minas Gerais, Rio de Jabeiro e o Brasil.E ainda de quebra avançou com a inauguração do VLT em Santos, inúmeras obras pelo interior e deu andamento na Rodovia dos Tamoios, Rodoanel Norte, Metro, Monotrilho e CPTM.Acho que está bastante razoável num momento de crise deixado pelo desgoverno Federal anterior.

      Felix / (em resposta a Joel) Responder
      • Repetir discurso fácil como papagaio não acrescenta nada nos comentários.

        O.Juliano / (em resposta a Felix) Responder
        • Isso é fato e não discurso.

          Felix / (em resposta a O.Juliano) Responder
          • Então dos outros é repetir discurso fácil como papagaio e o seu é fato?

            Posso facilmente encontrar sei lá quantas publicações aqui q vc insiste em dizer que “pelo menos SP não está falido como outros estados” mesmo sabendo que não existe estado brasileiro falido, ou se quiser pode ir no Google pesquisar o que representa uma falência.

            O.Juliano / (em resposta a Felix)
      • FALÁCIA!

        O governo federal esteve com o PSDB do FHC por 8 anos e o que melhorou no metrô de SP? nada, continuou um mini-metrô…..nem sequer ajudaram a expandir o Estado a expandir….

        Tiago / (em resposta a Felix) Responder
        • É equivocado pensar assim. Tem que se lembrar que na gestão FHC, quem estava como governador inicialmente foi o Covas, e ele que começou os projetos para reorganizar a malha ferroviária em SP, que ao menos evitou um colapso da CBTU, e unificou as malhas e tarifas. A CPTM nasceu dali. A obra que tinha para sair na época era a linha 2-verde e algumas extensões do Metrô. Tinha projeto executivo para uma renca de novas linhas, mas não tinha dinheiro.

          Anonimato / (em resposta a Tiago) Responder
          • Sempre dá pra arranjar um jeitinho de defender o PSDB, né, Anonimato???

            Gapre / (em resposta a Anonimato)
    • Uma coisa que acho que poucos notam: o PSDB só ganha em SP como governador neste últimos 30 anos pois não houve algum candidato que propusesse ao mesmo tempo manter o que realmente funciona, pegar projetos já prontos e continuar, e ao mesmo tempo mandar ideias que sejam realistas para São Paulo.

      Se pegar a linhagem de governadores paulistas, salvo engano, antes do PSDB foi o PMDB com Quércia e Fleury. Isso na época da hiperinflação e da bagunça política da transição da ditadura para a democracia.

      Não sei os partidos dos governadores anteriores (lembrando que foi Maluf, Egydio, mais um ou dois diferentes mas da época da ditadura).

      Quando o PT começou a disputar o poder paulista com o PSDB, geralmente os candidatos soavam como “segundo escalão” – Marta, Rui Falcão, Suplicy. E outros candidatos não tinham nome político suficiente para angariar votos no Estado. Não “fizeram nome”.

      Nenhum dos outros partidos também conseguiram fazer algum “nome forte” para ser um prodigioso candidato em SP. O resultado foi este que temos hoje – Alckmin já no quarto mandato (acho). :\

      Se nenhum partido “fizer nome” para candidato, não sai possibilidade. O PSDB acaba entrando (infelizmente) pois não sobram nomes que possam dar uma garantia de mínima continuidade dos trabalhos. De alguma forma o eleitor paulistano é conservador.

      Anonimato / (em resposta a Joel) Responder
      • Acho que vc está muito desinformado menino, procure ver os Estados do Paraná, Goiás, Pará, Minas Gerais exceto o Governo atual, o novo Governador do MT tambem é PSDB embora tenga se filiado depois de eleito. Mais uma inauguração ocorreu ontem em Votorantim sp, deixo a curiosidade para que seja pesquisada.

        Felix / (em resposta a Anonimato) Responder
        • Em outros estados sempre houve alternância de partidos. Sempre. PSDB é que é hegemônico so em SP

          anonimato / (em resposta a Felix) Responder
        • Qto o PSDB te paga para ficar defendendo, maluco arrombado

          Robson / (em resposta a Felix) Responder
          • O mesmo que vc recebe para ser critico e mal educado, próprio de pesdoas sem argumento.

            Felix / (em resposta a Robson)
      • Ah sim, porque o PSDB tem inúmeras propostas pra SP, não é mesmo? Prometer mundos e fundos em campanha eleitoral como eles sempre fazem não é propor nada, isso é muito fácil, qualquer um faria, até eu. Na prática, o que vemos é tudo incompleto, feito nas coxas, por menos da metade, mas poucos ousam questionar. Os outros partidos tem muito mais consciência do que dá pra ser feito no Estado, por isso não os vejo com tantas promessas furadas como o PSDB tem. Os tukanos só fazem isso porque sabem que tem um monte de ufanistas otários em SP que se sentem superiores só por terem esse partido inútil no poder vitalício no Estado e ficam acreditando cegamente numa “maior expansão ferroviária da história”, sendo que esse papo furado já tem duas décadas. Nada tem a ver com as “propostas” em si, ninguém nem presta mais atenção no que o PSDB fala, se o Alckmin não for a nenhum debate ou nem fizer programa eleitoral na TV, ele continua ganhando em primeiro turno, pois o povo paulista já tem meio que no sangue o número 45, como se fosse uma lavagem cerebral mesmo, chega a ser algo folclórico em SP. Fico impressionado como um político tão insosso e ruim como o Alckmin consegue uma proeza dessas em um Estado onde o povo tem mais escolaridade e poder aquisitivo do que no resto do país. E se alguém tenta despertar os lobotomizados, logo é calado e qualquer defesa pro governador, por mais esdrúxula que seja, logo é feita. Triste ditadura tukana em SP essa que vivemos e vc finge não apoiar.

        Gapre / (em resposta a Anonimato) Responder
        • Eu vejo como outros Estados que não tem ufanistas otários como são bem administrados, exemplos RS, e seu Rio de Janeiro, uma perola em administração, mesmo com 13,5 anos de ajuda federal, por ser base de apoio e muito Royalties de Petróleo , está em estado de falencia total, está com pires na mão do novo governo federal.

          Felix / (em resposta a Gapre) Responder
        • É pelo fato do povo ser mais escolarizado e melhor poder aquisitivo que o povo paulista não partilha sua mesma posição política, onde quase todos os lideres estão presos ou caçados ou sofreram até impeachment. Deveria dizer de qual estado é, pois paulista sabemos que você não é…

          Ed / (em resposta a Gapre) Responder
          • A delação da Odebrecht mencionando propinas pro teu Santo de estimação te manda lembranças, Ed. Como SP quebraria se não investe em nada, nem constrói nada??? Tudo que existe em SP é apenas prédio suntuoso feito pela iniciativa privada. O povo escolarizado é na verdade ELITIZADO, tem carro (ou seja, acha que não precisa de transporte público, mas fica preso no trânsito), paga escola (por isso acha que não precisa de escola pública decente), plano de saúde (por isso ACHA que não precisa de hospitais públicos decentes), mora em condomínio fechado (por isso acha que não precisa de segurança pública) e assim o Alckmerdha se perpetua em SP. Deu pra entender ou precisa desenhar???????

            Gapre / (em resposta a Ed)
          • Cada obra inauguada em SP, a partir de hoje faço questão de informar o Gapre, quem sabe ele fica mais informado.Segue a primeira, sábado passado inaugurada a Penitenciaria Feminina em Votorantim SP, Fonte:Portal do Governo de São Paulo e Geraldo Alckimin Faceboock.

            Felix / (em resposta a Ed)
  7. Acho que ta quase pronta, pra dar pra alguma empresa na roleta russa Sr Alckmin.

    Rodrigo Santos / Responder
  8. É São Paulo entrando nos trilhos. Parabéns ao povo da Zona Sul.

    Josh / Responder

Deixe uma resposta para Joel Cancelar resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

*