Linha 4 irá até o Centro a partir de sábado, 25

A Linha 4, do Metrô Rio, seguirá até o Centro da cidade a partir deste sábado, 25, passando pelo trajeto da Linha 1. Com isso, os usuários que querem seguir viagem não precisarão fazer baldeação em Geneal Osório, diminuendo o tempo do trajeto em 10 minutos. O percurso Barra da Tijuca – Centro deve durar 30 minutos.

 

Também a partir de sábado, os intervalos entre os trens da linha 4 serão reduzidos. Toda a Linha 1 e também 4 terão intervalo de 4min30.

 

“A integração da operação da Linha 1 com a Linha 4, com o fim do transbordo em General Osório, facilitará a vida dos nossos passageiros, com impacto positivo em qualidade de vida, produtividade no trabalho e no tempo livre no fim do dia. Agora será possível ir da Barra ao Centro em 30 minutos, com comodidade, segurança e previsibilidade”, destaca Guilherme Ramalho, presidente do Metrô Rio.


Autor: Caio Lobo

Ler todos os posts

Paulistano e Corinthiano, formado em Marketing porém dedicou sua experiência profissional, pós-graduação e MBA na área de Finanças. Temas relacionados à mobilidade urbana o fascinam, principalmente quando se fala de metrô.

21 Comentários deste post

  1. Se já podia ir direto em Ipanema sem precisar de baldeação, então por que raios fizeram duas estações e não aproveitaram a General Osório que já existia???? Meu Deus, como gostam de gastar dinheiro público à toa!!!

    Gapre / Responder
    • Foi construída a segunda estação de general Osório pois onde fica a primeira estação não tem como prolongar para continuar o túnel novo devido a interferências com prédios, teriam que desapropriar demolir o que é muito caro nessa região valorizada.

      Mas não exime de ser um erro de planejamento da primeira estação, com certeza.

      André de Lima / (em resposta a Gapre) Responder
    • Sem contar todo o espaço de integração entre as linhas na estação General Osório que ficará subutilizado ou inutilizado mesmo.
      Quando a estação Gávea estiver pronta, a L1 poderia fazer ponto final lá, evitando que a L4 faça um looping, que é o previsto.

      Danilo Lisboa / (em resposta a Gapre) Responder
      • Verdade, essa ideia da linha 1 virar uma “circle line” ficou perdida, mas talvez agora ela possa renascer. No entanto, sabemos que essa obra no rio só aconteceu por causa das Olimpíadas. Agora que acabou, duvido que eles vão se preocupar em fazer mais metrô carioca.

        E quanto aos custos de fazer uma estação General Osório, o que sairia mais caro? Mais desapropriações, apesar de Ipanema ser um dos bairros mais caros do país, ou construir aquela estação com toda aquela passarela subterrânea faraônica?? Isso também gastou demais. Aliás, a linha 4 agora vai deixar de existir e virar 1, né?

        Gapre / (em resposta a Danilo Lisboa) Responder
  2. Enquanto isso, a linha 11 da CPTM continua segmentada em Guaianases a mais de 16 anos….

    Se fosse administrada pela ViaQuatro, já estaria terminando em Suzano, mas como é publica, não é a toa que é um lixo mal gerido…

    Renato / Responder
    • Ola Renato, a matéria trata-se da Linha 4 do Metrô do Rio de Janeiro.

      Caio Lobo / (em resposta a Renato) Responder
      • Acho que ele entendeu. Ele tá comparando a situação de baldeação entre as linhas 4 (que na verdade é a continuação da 1) e a 1 do Rio com a baldeação da linha 11 da CPTM na estação Guaianazes, que também poderia acabar.

        Gapre / (em resposta a Caio Lobo) Responder
        • Fiquei na dúvida pois ele citou a ViaQuatro mas blz.

          Caio Lobo / (em resposta a Gapre) Responder
          • Entendi. É que ele sempre fala que gostaria que a ViaQuatro operasse toda a rede ferroviária de SP porque toma como exemplo a linha 4-amarela de SP, deve ter sido por isso que ele a mencionou, meio que sugerindo que a ViaQuatro operasse a CPTM também

            Gapre / (em resposta a Caio Lobo)
        • Exatamente.

          Renato / (em resposta a Gapre) Responder
        • Gapre, no fim das contas o Rio só tem uma linha, né?

          rafael oliveira / (em resposta a Gapre) Responder
          • Sim, um “linhão” entre Jardim Oceânico e Pavuna com um “bracinho” até a estação Uruguai

            Gapre / (em resposta a rafael oliveira)
    • Bom na verdade era uma linha de metrô entre Itaquera até Guaianases, depois de um tempo que foi concedida a CPTM a estrutura para o Expresso leste, pra mim foi um erro até que o metrô poderia assumir linha da Barra funda até Guaianases e sim ter uma estação de integração mais completa entre CPTM e metrô.

      Allan / (em resposta a Renato) Responder
      • O metrõ não quis assumir por causa das deficências do trem metropolitano e para não afetar a “imagem” dela….
        Lembro que só uma conversão completa em padrão metrô é que haveria a possibilidade. E isso aconteceu com a linha 5 – Lilás que era para ser a linha G da CPTM, mas acabou sendo transferida para o metrô.

        Renato / (em resposta a Allan) Responder
    • Isso é mesmo,já deveria estar indo pelo menos até Suzano, mas sobre intervalo o Expresso Leste ,pelo menos no pico ,tá igual o metrô do Rio, 4 minutos.

      Mauri / (em resposta a Renato) Responder
    • Ela está segmentada ainda por uma questão operacional mesmo, como o fluxo maior ocorre até Guaianases eles limitam até lá.
      Para percorrer o percurso todo com uma mesma frequência boa nos trens precisaria fazer melhorias na via até Suzano, e colocar mais trens no carrossel. Como o governo está sem dinheiro pra investir nisso está muito mais lento o investimento em melhoria de via. Afinal não é algo tão visual para o eleitor como um trem com adesivo de “novo”.

      Mas parte dessa falta de dinheiro pra investir é graças aos repasses generosos que o governo tem que fazer pra cobrir custo da ViaQuatro que não se sustenta sozinha. Ou seja pra deixar a empresa privada bonita na fita ele retira dinheiro das empresas públicas que vão ficando sucateadas.
      Agora adivinha que empresas fazem parte do consórcio ViaQuatro? Camargo Corrêa / Odebrecht … Agora adivinha quem doa pra campanhas eleitorais?

      André de Lima / (em resposta a Renato) Responder
      • Disse tudo, André, inclusive sobre a “santa” ViaQuatro, que de santa não tem nada, igual ao governador!

        Gapre / (em resposta a André de Lima) Responder
        • Ai eu, como usuário frequente da linha 4, tenho que discordar. A ViaQuatro cumpre com sua parte no contrato e oferece um serviço de altissima qualidade, pontualidade, eficiencia e rapidez, além de várias inovações.

          Já o PSDB com seu metrozinho com diretores com mentalidade anos 70 e serviço capenga….

          Renato / (em resposta a Gapre) Responder
      • Tem vários trens novos na extensão da linha 11 que daria para irem direto. Não vai simplesmente pq não há a menor vontade politica do GESP em acabar com a baldeação do inferno em Guaianases.

        16 anos e até hoje continua igual. Não tem trens de carga entre Calmon Viana e Guaianases. Então qualquer argumento não passa de FALÁCIAS!

        Renato / (em resposta a André de Lima) Responder
  3. A Linha foi construida pela CPTM…..

    Renato / Responder

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

*