Em novo edital, Prefeitura quer consertos de semáforos em até 2 horas

A Prefeitura de São Paulo lançou edital nesta quinta-feira, 23, para manutenção de semáforos na cidade e uma das regras diz que o conserto de algum que esteja inoperante em situação de prioridade “1” seja feito no máximo em 2 horas.

 

As empresas que não cumprirem o prazo estarão sujeitas a multas, que podem chegar a 20% do valor da ordem de serviço.

 

O novo edital, no valor de R$ 81 milhões, terá três lotes e as empresas terão contrato válido por um ano com a cidade, podendo ser renovado. Segundo o presidente da Companhia de Engenharia de Tráfego, João Octaviano Neto, desde dezembro a cidade conta apenas com uma extensão de garantia de semáforos já reparados.

 

O edital prevê ainda a troca de peças, manutenção geral, instalação de semáforos no-break (que funciona por algumas horas no caso de interrupção de energia elétrica) e conserto em caso de roubos de fios, entre outros serviços.


Autor: Caio Lobo

Ler todos os posts

Paulistano e Corinthiano, formado em Marketing porém dedicou sua experiência profissional, pós-graduação e MBA na área de Finanças. Temas relacionados à mobilidade urbana o fascinam, principalmente quando se fala de metrô.

9 Comentários deste post

  1. boa ação só tem que fiscalizar, como será auditado? e se houverem muitas reincidências?

    Alexandre i / Responder
  2. Boa notícia seguida de mais uma boa noticia, João Doria já está providenciando a instalação de 10 mil câmeras na Cidade de São Paulo, com isso muita coisa poderá ser observado, imprudência de motoristas, roubos de veiculos e de pessoas, descarregamento de entulhos em lugares impróprios, pichacoes, etc…Hoje a cidade só tem 75 câmeras.

    Felix / Responder
  3. São Paulo tem mais de 6600 cruzamentos com semáforos. Desses, somente uns 1500 tem equipamentos “modernos” (isto é, da década de 1990) capazes de operar em tempo real. Os demais são equipamentos simples e obsoletos.
    Ao invés de manter esse sistema obsoleto e de manutenção cara, a prefeitura deveria investir na substituição de toda a rede de semáforos por modelos modernos, capazes de serem controlados em tempo real (semáforos inteligentes), com no breaks e iluminação de LED, além de semáforos para pedestres em todo cruzamento semaforizado, iluminação de faixas de pedestres, implantação de rampa e piso podo tátil, etc.

    Essa licitação atual servirá para enxugar gelo…

    Ivo Suares / Responder
    • sera que não existe outro contrato de modernizacao de semáforos? eu até pensei na questão do contrato manter os semáforos velhos, mas imaginei que seriam contratos diferentes.

      Alexandre i / (em resposta a Ivo Suares) Responder
    • O Problema é verba para tudo que necessita fazer, Prefeito tem que escolher prioridades e administrar bem para conseguir fazer mais com menos dinheiro.A prioridade de Campanha do Doria é Saúde e Educação. As Avenidas de São Paulo também parece colcha de retalhos e merecem serem totalmente recapeadas.

      Felix / (em resposta a Ivo Suares) Responder

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

*