Avianca não cobrará por despacho de bagagens já a partir do dia 14

A Avianca anunciou que não irá cobrar por despacho de malas no dia 14 de março, quando começa a valer a nova regulamentação da ANAC para o setor.

 

“Nós chegamos a conclusão de que precisamos de mais tempo, queremos estudar o tema durante os primeiros meses”, disse o presidente da aérea no Brasil ,Frederico Pedreira.

 

Sobre os planos da empresa Frederico disse que pretende criar diferentes grupos tarifários: um mais barato, destinados a aqueles passageiros que são sensíveis a preços e levam somente bagagem de mão, e outro que inclui o despacho de bagagem.

 

Pedreira diz que quando a Avianca começar a usar estes grupos, aquele que não despachar a bagagem poderá ter uma tarifa mais barata.


Autor: Caio Lobo

Ler todos os posts

Paulistano e Corinthiano, formado em Marketing porém dedicou sua experiência profissional, pós-graduação e MBA na área de Finanças. Temas relacionados à mobilidade urbana o fascinam, principalmente quando se fala de metrô.

2 Comentários deste post

  1. Acho que os que não levarem bagagem pra despachar pagarão igualmente o que pagariam hoje e os que tiverem bagagem pra despachar pagarão mais caro. Só que vai parecer que os que não levam bagagem conseguiram um desconto. Na verdade nenhum passageiro terá vantagem, agora as cias aéreas vão ter desculpa pra cobrar mais caro pelas passagens sem que haja fuga de passageiros, pois os mesmos terão de se preocupar em levar a menor quantidade possível de bagagem pra não precisar pagar mais pela passagem.

    Gapre / Responder
  2. Mais importante que cobrar ou não bagagem é permitir que Cias internacionais operem livremente no país, para que a concorrência derrube o preço das passagens. Somente 4 grandes cias aéreas (Latam, Gol, Avianca e Azul) nao bastam para tornar o mercado competitivo.

    Cris / Responder

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

*