Alckmin diz que trem entre SP e Campinas depende apenas da União

O governardor de São Paulo, Geraldo Alckmin, disse nesta terça, 7, que a viabilidade da licitação de um trem de passageiros entre São Paulo e Campinas depende da liberação, pelo governo federal, da “faixa de domínio” da ferrovia de carga que já liga as duas cidades.  Com esta liberação, segundo Alckmin, a oferta de PPP desta linha jám poderia ser apresentada ao mercado.

 

“É um projeto extremamente importante. E sua viabilidade depende do terreno”, disse Alckmin ao jornal O Estado.

 

“O estudo que nós fizemos mostra que cabe mais uma linha do trem de carga, dá para dobrar a capacidade, além das duas linhas do trem de média velocidade, na mesma faixa de domínio”, comentou o governador, que confirmado ter entregado a proposta do projeto nas mãos do presidente Michel Temer no mês passado. “Só estamos aguardando o governo federal dar um ok, que ele concorda.”

 

“Estamos otimistas. O grande problema hoje é o custo do terreno. É muito cara a desapropriação. Se temos a faixa de domínio, já viabiliza o projeto”, disse.

 

O projeto tem sido assessorado pelo Banco Mundial.


Autor: Caio Lobo

Ler todos os posts

Paulistano e Corinthiano, formado em Marketing porém dedicou sua experiência profissional, pós-graduação e MBA na área de Finanças. Temas relacionados à mobilidade urbana o fascinam, principalmente quando se fala de metrô.

29 Comentários deste post

  1. Acredito que com o novo Governo Federal vai sair as Linhas intercidades e o Ferroanel Norte e Sul.

    Felix /
      • Sim, esse Governo Federal e sua equipe econômica começaram em 01/09/2016.

        • Na verdade este Governo Federal começou em 01/01/2015, pois parte dos membros atuais vieram desta época, pois pelo que eu sei e a lei definiu, foram eleitos todos os dois nomes desta gestão executiva atual . No entanto, a troca de equipes veio nesta data citada por você.

        • Não Felix, o governo federal que está aí começou com a eleição da Dilmanta, ou se esqueceu que a base do governo PTista sempre foi o PMDB?

    • Ah tá… Se não tá saindo nem os corredores da cidade de SP, imagina se vai sair essa linha de trem em menos de 2 anos.

      • Só uma resposta lógica: os corredores não sairam por causa do TCU (imagino). A não ser que alguém tenha provas que o Haddad tinha desvios de dinheiro óbvios nos projetos que foram enviados ao TCU…

      • Não falaram de prazos, somente que a fase de pré licitação está dependendo do governo federal. Essa obra depois de licitada vai levar de 3 a 5 anos para ficar pronta.

        • Yago, eu comentei a frase do Felix que disse que, agora, com o governo Temer essas obras sairão, como se o problema fosse a equipe anterior (qual o arual governo já fazia parte). Acho muito difícil que saia no governo Temer, talvez no próximo, talvez não. Mas a simplicidade de dizer que agora tudo mudou é uma ilusão, pouca coisa realmente mudou.

    • Desde que Temer assumiu, o PIB assumiu tendência de queda, mostrando que o mercado acredita menos nele, que acreditava em Dilma. Logo, beeeem difícil.

      • Esse tendência de queda venho das políticas econômicas ruins e da falta de reformas na administração de Dilma Rousseff. Atualmente o índice de confiança do mercado no governo é o mais alto em anos. Os índices econômicos para esse ano são muito melhores quando comparado com os anos anteriores.

        • Não não. Até o impeachment, existia por meses uma tendência de alta, resultado da política autruista do governo Dilma.

          Os índices de confiança, se dão especialmente pelos projetos de mudança nas leis trabalhistas e programas de privatização.

          José Rocha / (em resposta a Yago)
  2. que deus nos dê paciência para esperar.

  3. Malckimim só mentiras…

    FORA PSDB!!

    Renato /
  4. Se tivesse possibilidade de executar já o teria feito. Então temos que esperar que com Temer possa evoluir os entendimentos. Infelizmente com Dilma não foi possivel, nem o ferroanel de respnsabiidade do gov federal (mesmo tendo sido aprovado e divulgado, não foi feito) o que beneficiaria o fluxo dos trens da CPTM, nem os espaços para os trens Intercidades.

    Jair /
  5. Lei 696969 de 69 de 69 de 16969 da “política de marketing político para políticos politiqueiros”

    Art. 171: A oferta de novos serviços, de anúncio de projetos em estudos e/ou da conclusão de serviços prometidos sempre será feita pela seguinte equação:

    AnoDaNovaObra = ANO(ATUAL())+1

    Ou seja:

    O Ano da instalação da Nova Obra será sempre o ano presente mais o ano seguinte.

    Esta equação pode ser modificada nas seguintes condições:

    AnoDoFimDaObra = ANO(ATUAL=ELEITORAL(VERBA))-1/2
    ou
    AnoDoFimDaObra = ANO(ATUAL(REPORTAGEMDENUNCIABOMBASTICAQUESAIANAGRANDEMIDIA))-1

    Anonimato /
  6. A babação de ovo pra isentar o Santo por parte de alguns aqui não para.

    Gapre /
  7. Tem mais uma boa noticia, a Dersa com a ANTT também estão fazendo o projeto para o Ferroanel Norte que sairá de Caieiras até Manoel Feio em Itaquaquecetuba.O prohetodevera ser apresentado em Julho de 2017.

    Felix /
    • Projeto nao qier dizer nada. A quantidade de projetos feitos pelos governos para enganar eleitor é absurda. Basta lembrar dos lrojetos eleitoreiros do Alckmin pafa novas linhas em SP, todos caíram no esquecimento após as eleições (serão resgatados nas próximas, garanto)

  8. Eita papelzinho danado!
    Aguenta tanta promessa e às vezes a maioria nem sai dele…

    Arthur Lira /
  9. Só quero ver onde isso vai dar.

  10. Com esse nosso governo estadual e federal, ficaremos até 2018 estagnados, nada anda, nada muda, teremos que ter paciência, e parar de votar em administradores de obras paradas.

    Pedro /
  11. Esse Trem Regional Vai Ter Como Trechos Todos Com Partida em São Paulo/SP e Extensão em Cidades Como: Jundiaí e Campinas (Trecho Amarelo), Santos (Trecho Azul), Itu e Sorocaba (Trecho Verde) e São José dos Campos (Trecho Vermelho)

  12. Já o Próximo Passo Vai Ser o Governo Estender os Trechos dos Trens Regionais: Amarelo Com Passagens Por Ribeirão Preto, Franca e Barretos Além da Ligação Por Piracicaba, Rio Claro, São Carlos, Araraquara, São José do Rio Preto, Santa Fé do Sul e Ilha Solteira, Azul Até o Porto de Santos, na Baixada Santista, Verde Até Itapetininga, Avaré, Ourinhos, Assis e Presidentes: Prudente, Venceslau e Epitácio Além de Bauru, Marília, Tupã, Adamantina e Dracena e Vermelho Até Cruzeiro Passando Por Taubaté e Também Pela Basílica de Aparecida Sem Esquecer de Guaratinguetá e Lorena

  13. E Sem Esquecer o Metrô Para Campinas Cujas Partidas em Todas as Linhas Têm Partida na Estação Central, no Centro ou Seja:
    A – Amarela Até o Distrito de Barão Geraldo, na Zona Norte
    B – Verde Até o Distrito de Sousas, na Zona Leste
    C – Laranja Até o Aeroporto de Viracopos, na Zona Sul
    D – Azul Até a Campina Grande, na Zona Oeste
    E – Roxa Até a Boa Vista, na Zona Centro-Oeste

Deixe uma resposta