Alckmin comenta sobre polêmica entre a Linha 13 e a concessionária GRU

O governador Geraldo Alckmin foi indagado nesta sexta, 3, sobre a polêmica envolvendo a Linha 13 – Jade, da CPTM, junto a concessionária que adminsitra o Aeroporto Internacional de São Paulo.

 

O primeiro ponto levantando foi sobre a alteração do projeto que fez com que a estação Aeroporto ficasse longe dos principais terminais. “Não tem como colocar uma estação em cada terminal, você tem vários terminais domésticos e internacionais. Nós queríamos colocar onde é aquele estacionamento do aeroporto, só que não foi possível, a concessionária não permitiu, tem até um documento dizendo que lá ia fazer shopping, ia fazer hotel. Nos foi permitido onde está sendo concluída a estação”, disse.

 

Outra polêmica abordada é que a concessionária, diferentemente do proposto inicialmente, não deve construir um monotrilho ligando a estação aos terminais. “A concessionária se comprometeu a pôr gratuitamente o People Move, que é um sistema de trenzinho, também não cumpriu. E, agora, se comprometeu a colocar provisoriamente enquanto não sai o People Move um ônibus gratuito”, afirmou. Com esta declaração não dá para entender se futuramente haverá ou não o monotrilho.

 

Alckmin enfatizou que os passageiros poderão fazer o check in na própria linha 13, possivelmente na estação Engenheiro Goulart. “Nós estamos trabalhando para fazer o embarque lá no sistema da CPTM. Então, as pessoas com as empresas de aviação fazem o embarque, o check in, despacha a mala e vem direto. Isso pode ajudar muito a população”, afirmou o governador.

 

O governador enfatizou que a linha deve ser entregue em março de 2018. “A obra está indo muito bem, é uma nova linha de trem, não é extensão. Estamos com mais de 1.300 trabalhadores, a obra está indo em bom ritmo”.

 

A estação CECAP deve ter uma homanegm ao grupo Mamonas Assassinas. Os integrantes do grupo morreram em um acidente aéreo em 2 de março de 1996.“Se depender de mim sim, eu adoraria. E eles são da cidade de Guarulhos e do bairro Cecap”, declarou.


Autor: Caio Lobo

Ler todos os posts

Paulistano e Corinthiano, formado em Marketing porém dedicou sua experiência profissional, pós-graduação e MBA na área de Finanças. Temas relacionados à mobilidade urbana o fascinam, principalmente quando se fala de metrô.

67 Comentários deste post

  1. um monte de baldeação para chegar ao eeroporto…..

    Tiago / Responder
    • Será que vai compensar do Tatuapé pegar o ônibus para o aeroporto ( se mantiver a linha),ou pegar a linha 12,e é só uma estação até Eng Goulart,pegar a linha 13 e o ônibus gratuito até o Aeroporto, pelo trem não vai pagar outra tarifa,e mesmo assim deve ser um pouco mais rápido ou será que não?

      Mauri / (em resposta a Tiago) Responder
      • Melhor pegar ônibus de Tatuapé … essas baldeações são uma grande chatice …

        Jürgen Keller / (em resposta a Mauri) Responder
    • Se o preço compensar, será relevante. Para quê reclamar? Nova Iorque tem um sistema de trens gigantesco e uma renca de baldeação para o Aeroporto.

      Anonimato / (em resposta a Tiago) Responder
  2. Eita obrinha conturbada hein!

    Arthur Lira / Responder
  3. Como sempre, o Alckmin muito bem informado de desinformação.

    O.Juliano / Responder
    • Então nos conte as grandes informações que vc tem.

      Yago / (em resposta a O.Juliano) Responder
      • Não sou o Governador do Estado de SP, cobre isso dele e de sua assessoria que não sabem ou não querem dar detalhes do projeto abertamente, dando margens à dúvida.

        O.Juliano / (em resposta a Yago) Responder
  4. da estação aeroporto é possivel ir a pé para o terminal 1

    haroldo / Responder
    • Mas o movimento maior é na 2 e 3, que são as internacionais e nacionais das operadoras maiores. A 1 só opera Azul e Avianca, que são as Low Cost e tem movimentação entre média e baixa lá.

      Anonimato / (em resposta a haroldo) Responder
      • O Terminal 1 também é terminaltde carga, os Correios tem um centro de Carga e descarga, muito funcionarios desse terminal utilizarão a Linha 13 Jade.

        Felix / (em resposta a Anonimato) Responder
        • Funcionários tem por todo o aeroporto, lembremos disto 😉 (os mesmos funcionários que a propósito pegam o Tatuapé – GRU)

          Anonimato / (em resposta a Felix) Responder
      • por isso que eu digo que aqueles que usam o terminal 1 são abençoados, hahahaha

  5. Ele não disse nada de novo, infelizmente há muita gente desinformada que tem que repetir um milhão de vezes para entrar na caxola.E mesmo assim ainda lemos comentários aqui, que diz ,como a Empresa Privada sobrepuja a Estatal, próprio de quem não entendeu.

    Felix / Responder
  6. Eu sei que tem que fazer licitação, vai mais dinheiro,mas não tem como continuar a linha margeando a Hélio Schmidt, fazendo estação mais perto do são João,se beneficiar o aeroporto bem, senão pelo menos serviria para a população local.

    Mauri / Responder
  7. PRA QUEM DEFENDE PRIVATIZACOES TA AI O RESULTADO, VAI SECAR A CANELA DA ESTACAO ATE OS TERMINAIS E AS CONCESSIONARIAS FAZEM O QUE QUEREM ONDE O INTERESSE PUBLICO E MASSACRADO PELO INTERESSE PRIVADO.

    Carlos Freitas / Responder
    • Vai ter ônibus ligando a estação aos terminais. E por enquanto a concessionária não desistiu de construir uma ligação de alta capacidade.

      Esse por enquanto é o único ponto negativo do aeroporto. Lembrando que desde que ele foi concedido (não foi privatizado, já que continua sendo um bem federal) os índices de satisfação do usuário subiu e ele se tornou um dos melhores aeroportos do mundo em pontualidade e qualidade.

      • Ou seja, vão fazer gambiarra devido a um projeto mal planejado. Temos vários outros pontos negativos nessa ohra. O atraso de pelo menos 4 anos em entregar 2 estaçõezinhas já é mais um deles.

        Gapre / (em resposta a Yago) Responder
        • obra*

          Gapre / (em resposta a Gapre) Responder
        • O terreno em que o aeroporto está pertence ao governo federal, então não é jurisdição estadual, e quando as obras começaram o governo estadual não tinha um bom relacionamento com o governo federal. Além de tudo o governo federal não iria bater de frente com a concessionária.

          Yago / (em resposta a Gapre) Responder
      • “Único ponto” de um projeto que era pra ser a tal ligação capital-aeroporto, ou expresso aeroporto, que foi modificado, atrasado e nem deve ser entregue em operação comercial ano que vem… “Único ponto negativo” é realmente problema da concessionária…

        O.Juliano / (em resposta a Yago) Responder
      • também discordo desse único ponto a integração não precisava ir direto ao aeroporto mas se houvesseuma intermediária deveria ser metro e não trem. o intervalo do trem provavelmente vai matar esse projeto, a falta de previsibilidade de quanto vai se gastar esperando os trens vai inviabilizar e pra grande maioria nada muda, vão continuar indo de carro ou ônibus do aeroporto.

        Alexandre i / (em resposta a Yago) Responder
        • Expresso para o Aeroporto não deve existir mesmo, fazer uma linha só pra quem vai ao aeroporto é desperdício, o que poderia era ser a extensão da linha 2 até o aeroporto,já que tem projeto até a Dutra,apesar que essa linha ,pela demanda esperada, a CPTM da conta sim, se tiver intervalos de pelo menos 5 minutos, é que por ser CPTM sofrerá preconceito, mesmo os trens dela ser praticamente da mesma qualidade do metrô(disse os trens ,não o sistema),monte de gente que fala de transporte sobre trilhos, que se fossa fora do país era maravilhoso, mas aqui é” vixi linha 12,saturada, problemática”.

          Mauri / (em resposta a Alexandre i) Responder
          • Trens da CPTM as vezes são melhores que os do metrô (trens da linha 8 vs. trens antigos da linha 1) mas a questão pra mim não é qualidade de trem, isso as novas instalações da CPTM tem, o problema são a quantidade de baldeações. “O exterior” é muito grande pra falarmos q la é perfeito ou ruim. Mas os exemplos que vemos de bons projetos que vemos são ligações mais diretas o mais próximo possível do aeroporto. Não acho um descaso o ônibus ligando o aeroporto por exemplo (Tatuapé-Aeroporto), mas já que decidiram fazer um trem, que ele fosse o mais funcional possível senão é dinheiro mal investido. Não vejo exemplos de bons projetos no exterior como esse: um ônibus que liga um trem que liga um trem que liga metrô

            O.Juliano / (em resposta a Mauri)
          • Mauri eu não acredito em um intervalo desses 5 min seria em um horário de pico é olhe lá. voos não tem horário de pico terão uma dinâmica diferente do horário de trabalho, coisa que não adiantará trem com capacidade alta mas com intervalos muito maiores e ter de fazer uma quantidade grande de baldeação fora de um horário de pico por exemplo esperar um intervalo de trens de 10 min cada, ficaria bem complicado se programar para pegar um voo…. se fosse pela linha verde com uma ligação pequena para o aeroporto a história mudaria e muito. a verde já tem integração com várias outras linhas de metro

            Alexandre i / (em resposta a Mauri)
  8. A Linha Jade da CPTM ajudará, não só aos passageiros e pessoas que trabalham no aeroporto, como também à população de Guarulhos daquela região. Terão acesso mais rápido e fugirão do trânsito intenso da região. A homenagem aos Mamonas Assassinas na Estação CECAP é muito justa. Os integrantes da banda eram moradores do bairro.

    Welbi Maia Brito / Responder
  9. Esse site ta impossível comentar, se você reclama de tal obra, ah você e petista, ah você e tucano, como se só existissem dois partidos, a obra e uma piada e ponto, ele explicou o que todo mundo já sabe, as pessoas irão pegar al inah 1fim da historia.

    Rodrigo Santos / Responder
  10. Esse site ta impossível comentar, se você reclama de tal obra, ah você e petista, ah você e tucano, como se só existissem dois partidos, a obra e uma piada e ponto, ele explicou o que todo mundo já sabe, as pessoas irão pegar a linha 12 já saturada, depois linha 13, e fazer baldeações desnecessárias, isso ate que alguém tenha vontade de fazer um tipo de aeromóvel, um dia quem sabe quando o país sair da crise, fim da historia.

    Rodrigo Santos / Responder
  11. Exercício da semana para quem reclama da baldeação: Entre no site do Metropolitan Transport Autority (MTA), aqui: http://web.mta.info/maps/submap.html . E pesquisem onde estão os aeroportos e as linhas que passam neles. Só isso. Depois me falem. Boa leitura.

    Anonimato / Responder
    • Bom, só q os EUA não são exatamente um bom exemplo em matréria de transporte público …

      Jürgen Keller / (em resposta a Anonimato) Responder
    • eu também acredito que o problema não é o excesso de baldeações e sim a escassez de linhas sobre a cidade

    • Entrei no site e já bate uma inveja monstra … a quantidade de baldeações possiveis pra se fazer pra varios cantos da cidade … bem diferente da nossa realidade, bom voltando à discussão, o projeto do nosso vai obrigar quem quer vir de qualquer ponto do metro a passar no minimo pelo Bras ou Tatuapé para desembarcar na Eng Goulart pra só depois acessar a linha 13, nem entro no assunto dos onibus no final da ponta pra mim o problema principal fica em como chegar até a estação aeroporto. No exemplo do link para acessar o Aeroporto JFK pode se chegar pela linha A, E ou J … notou a diferença basica? não estão todos afunilados em uma só linha. E o monotrilho tende a fazer a mesma nhaca enquanto nao ligar ao menos no jabaquara …

      Alexandre I / (em resposta a Anonimato) Responder
    • Não achei um bom exemplo, as opções de NY são maiores e mais práticas, embora nem sempre tranquila (escadas). A malha de NY é incomparável com SP. Talvez uma outra cidade grande possa ter o mesmo problema, Toronto por exemplo que o metrô vai até um bairro e de lá se pega um ônibus até o aeroporto, mas NY não.

      O.Juliano / (em resposta a Anonimato) Responder
    • Anonimato, do JFK até Manhattan só precisa fazer 1 baldeação… nem se compara com essa montoeira de baldeações da linha 13

      Gapre / (em resposta a Anonimato) Responder
  12. eu ouvi falar que a estação aeroporto terá integração fisica com terminal taboão de guarulhos, espero que seja verdade

    haroldo / Responder
  13. Legal ver as obras avançando mas é uma pena que esse projeto não atenda a região central de Guarulhos, esperar por uma hipotética linha 19 celeste será muito frustrante. De qualquer forma existe a possibilidade de os trens saírem do Brás já que com tantas baldeações pegar o trem em Engenheiro Goulart deixará e demanda bastante reduzida.

    Ado Silva / Responder
  14. Nossa o nível de imbecilidade dos comentários assusta. Os caras querem um sistema de trilhos grande sem baldeação ?
    Então, tem que ser tudo desconectado para nao ter baldeação. Puta merda …

    Jurandir / Responder
    • Jurandir, Felix, seja á quem vc for, o problema é que o mínimo que se espera de um sistema ferroviário que ligue um aeroporto a uma cidade é que ele ligue diretamente às regiões mais centrais. Fazer uma ou duas baldeações cheio de malas ainda vá lá, mas fazer 5 ou 6 considerando que o trem nem no terminal do aeroporto vai chegar é um pouco too much, vc não acha não?

      Anyway, que se conclua logo essa linha, o acesso pro GRU é péssimo. Pena que eu ainda não acredite que vão concluir tão cedo essa obra tão importante…

      Gapre / (em resposta a Jurandir) Responder
    • Me assusta esses comentários agressivos como o seu apenas para criar briga nos comentários. Outros comentários por mais que haja discordância são opiniões mais lúcidas.

      O.Juliano / (em resposta a Jurandir) Responder
  15. Passei hj lá e me pareceu obra parada. Até avançou, é verdade, mas …..

    Agnaldo Souza / Responder

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

*