São Paulo ganha bicicletário no bairro do Paraíso

Foto: Mobilize Brasil

A cidade de São Paulo deve ganhar um novo bicicletário, desta vez na região do Paraíso. O equipamento será entregue no sábado, 11 de fevereiro, sendo o terceiro espaço Estação Bike de São Paulo, localizado ao lado da estação do metrô Paraíso.

Terá capacidade para acomodação de até 52 bicicletas, e assim como nas outras duas, é gratuita, e uma vez cadastrado. O horário de funcionamento será das 04am às 01am.

O local é estratégico, pois esta localizado em um encontro de diversas ciclovias, como a da Vergueiro, Paulista, Rua Doutor Rafael de Barros (que leva ao Parque do Ibirapuera), e da Rua Treze de Maio.


Autor: Renato Lobo

Ler todos os posts

Paulistano, Técnico em Transportes, Ciclista, apaixonado pelo tema da Mobilidade, é o criador do Portal Via Trolebus.

10 Comentários deste post

  1. Ótimo. Que coloquem em todas as estações de metrô, por favor !

    Jean / Responder
  2. de quem é esta iniciativa? Não está sendo feito com dinheiro publico né?

    Vítor P. Gabriel / Responder
    • Pela cor, acredito que seja do Itaú. Mas não entendi sobre “não ser dinheiro público” mesmo que fosse com dinheiro público, seria muito bem vindo!

      O.Juliano / (em resposta a Vítor P. Gabriel) Responder
      • dinheiro publico é para Saúde, educação e segurança.
        O restante não é prioridade!
        Ok, vão dizer que andar de bicicleta é saúde… e ai começa o papo dos comunas!

        Vítor P. Gabriel / (em resposta a O.Juliano) Responder
    • Qual seria o problema se for com dinheiro público? Se a prefeitura tiver vínculo com essa iniciativa, então o Dória tá de parabéns! Pelo menos está usando o dinheiro público pra qualidade de vida da população, coisa que o padrinho político dele não faz!

      Gapre / (em resposta a Vítor P. Gabriel) Responder
      • Gapre, essas estações de bicicletas já estavam sendo implantadas na época do Haddad com parceria do Itaú (acabei de reparar no logo no balcão.) Então não sei se simplesmente estão deixando que o Itaú coloque mais estações ou se mudaram/acrescentaram algo no planejamento. Também não sei como funciona a parceria (se é o custo total é pago pelo Itaú, por exemplo) mas é isso aí, dinheiro público ou não, há o benefício de qualidade de vida e maior oferta para poder andar de bicicleta na cidade.

        O.Juliano / (em resposta a Gapre) Responder
        • Sim, O.Juliano, eu sei. Só parabenizei o Dória, mesmo que ele não tenha tanto a ver com isso, porque imagino que o colega acima seja fã do novo prefeito. Então coloquei o que interessa, que é a melhoria da qualidade de vida da população, como tema principal.

          Gapre / (em resposta a O.Juliano) Responder
  3. Precisa fazer em várias estações, uma só não adianta nada.

    Rodrigo Santos / Responder

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

*