VLT da Baixada Santista terá horário de operação ampliado

Foto: Alexandre Carvalho / A2 img

Após a entrega de quatro novas estações do sistema de Veículo Leve Sobre Trilhos na Baixada Santista, o Governo Estadual anunciou a ampliação do horário de operação do VLT.

A partir desta quarta, 1º de fevereiro, o horário de atendimento passará a ser das 7h às 19h. Já em abril, o VLT deve operar das 5h30h às 23h30.

De acordo com o Governo Estadual, a ampliação do horário e do número de estações atendidas, além da integração tarifária com as linhas municipais de Santos, são cruciais para o atendimento diário de 35 mil usuários no primeiro trecho.

A média atual é de 6 mil usuários/dia transportados. A integração tarifária do VLT com 37 linhas intermunicipais já ocorre desde o segundo semestre de 2016, e a municipal também deve ocorrer em abril.


Autor: Renato Lobo

Ler todos os posts

Paulistano, Técnico em Transportes, Ciclista, apaixonado pelo tema da Mobilidade, é o criador do Portal Via Trolebus.

6 Comentários deste post

  1. Excelente notícia. Promessa sendo cumprida.

    Ed / Responder
    • Promessa parcialmente cumprida. Houve atraso (bem grande) na entrega desse trecho, tem uma segunda fase que ainda está sendo resolvida e não há integração com os ônibus urbanos municipais (ainda é uma dúvida como será a tarifa integrada, o que pode desmotivar o uso do VLT).

      Alex / (em resposta a Ed) Responder
  2. Que bom. Ponto para o Governo, EMTU e BR Mobilidade. Só espero que atuem bem o serviço, que um dia definam de uma vez por todas a ligação São Vicente – Praia Grande e que isso sirva como base para futuros novos serviços de VLT por São Paulo. :)

    Anonimato / Responder
  3. O VLT é muito importante para dar mais qualidade, conforto e agilidade ao transporte metropolitano da baixada santista. Mesmo com a crise econômica, que derrubou a arrecadação, e sem apoio do governo federal, o governo Geraldo Alckmin tem não deixou de investir nas áreas sociais, em obras prioritárias, e em ações que gerem emprego, renda e desenvolvimento em todo estado.

    Welbi Maia Brito / Responder
  4. Gostaria saber quais normas obedeceram as denominações das estaçoes do VLT: Mascarenhas ficou bem, já Barreiros, pela regra deveria ser Esplanada ( e não Barreiros , 2° termo ). Também as cansativas nomenclaturas religiosas, com o devido respeito, de N. Sra, Nossa Senhora, das Graças e de Lourdes. Uma consulta popular seria de bom tom !

    francisco / Responder

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

*