VLT da Baixada Santista ganha 4 novas estações

O sistema de Veículo Leve Sobre Tilhos da Baixada Santista ganha nesta terça-feira, 31 de janeiro, mais quatro estações: Ana Costa, Washington Luís e Porto, em Santos e na cidade de São Vicente a parada Barreiros.

Com a entrega, 14 das 15 estações do trecho de 11 km entre Barreiros e o Porto de Santos estarão em funcionamento, restando apenas a Conselheiro Nébias.

Esta última parada teve as obras civis concluídas, mas passa por implementação do sistema de comunicação.


Autor: Renato Lobo

Ler todos os posts

Paulistano, Técnico em Transportes, Ciclista, apaixonado pelo tema da Mobilidade, é o criador do Portal Via Trolebus.

20 Comentários deste post

  1. engraçado, estive lendo noticias dos jornais da baixada e somente percebe-se criticas ao modal, estão com razão pois obras do governo do estado estão sempre atrasadas, defasadas, atrapalhadas e por ai vai. Mas não há nenhuma referência ao que este modal vai trazer de bom para a cidade, não é puxa saquismo, mas vamos ver o lado bom também . Acho que as administrações publicas brasileiras tem um horror especial sobre transportes sobre trilhos, especialmente este que se multiplica pela europa, estados unidos, até na america latina.

    antonio carlos / Responder
  2. É assim mesmo, você nunca vai agradar todos.

    Leonardo Gleison / Responder
  3. Devido a politicas beneficiando a industria automobilistica, as obras sobre trilhos empacam.

    Reinaldo Candido de Souza / Responder
  4. Parabéns pelo novo modal, está dando tão certo que Cubatão e Praia Grande já estão solicitando ao Governo do Estado, acho que o proximo passo é chegar no Valongo.É São Paulo avançando no transporte sobre trilhos.Mais um passo do Estado de São Paulo, a grande caminhada começa com um passo.

    Felix / Responder
  5. Excelente noticia pois esperamos que após terminar esta linha, o governo do estado invista em transporte sobre trilhos na Praia Grande.

    Ed / Responder
    • o prefeito de praia grande afirmou em uma entrevista a tv santa cecilia que é a favor do BRT e que o VLT pode vir somente até o terminal tude bastos na divisa de praia grande com são vicente e dai pra frente só onibus

      jorge shalosh / (em resposta a Ed) Responder
      • Ate 2025 a população da Praia Grande ha terá ultrapassado a população santista. Espera-se que seja um trem urbano como da CPTM que temos em São Paulo e que vá até Itanhaém.

        • Aguardamos este ano a entrega das primeiras estações da linha lilás, Sem contar a já entregue Adolfo Pinheiro da mesma linha.

          Ed / (em resposta a Ed) Responder
          • Não tem como a população da Praia Grande ultrapassar a de Santos, a área geográfica e a população são muito menores.

            Felix / (em resposta a Ed)
      • Engano seu. Informe-se Felix.

        • Santos, 281 km2 com 434 mil habitantes, Praia Grande 147 km2 com 305 mil habitantes.Para Praia Grande passar a população de Santos em 2025 terá que ter uma explosão demográfica na cidade, coisa que não está em nenhuma previsão otimista.A probabilidade de isso acontecer é próximo a zero.

          Felix / (em resposta a Ed) Responder
  6. Como ficou o cruzamento da catenária do vlt com a rede aérea do trolebus na av. Ana Costa? Abcs

    Leonardo / Responder
  7. Tomara que o governador traga o VLT aqui para Praia grande ! Aliás Praia Grande precisa urgentemente de modais como esse !

    Marcos José da Silva / Responder
  8. Parece que são as únicas obras do governo do estado, que esta saindo alguma coisa, claro com a EMTU por trás, sai mai rápido, de resto tudo parado.

    Rodrigo Santos / Responder
    • Santos, 281 km2 com 434 mil habitantes, Praia Grande 147 km2 com 305 mil habitantes.Para Praia Grande passar a população de Santos em 2025 terá que ter uma explosão demográfica na cidade, coisa que não está em nenhuma previsão otimista.A probabilidade de isso acontecer é próximo a zero.

      Felix / (em resposta a Rodrigo Santos) Responder
  9. O sistema é muito bom, andei no VLT no final de janeiro, os trens são confortáveis e a reurbanização no entorno ficou muito boa. O fato a lamentar é a demora de entrega dessa obra. Desde os anos 1990 que se fala no VLT de Santos e as obras demoraram mais do que o VLT do Rio de Janeiro, em que começaram depois e a linha que tem 26 quilômetros foi entregue. A sociedade precisa exigir que o prazo contratado das obras seja seguido. Não dá mais para obra de mobilidade urbana se arrastar ad perpetum como ocorre no Estado de São Paulo.

    Evaristo / Responder
    • É que o Rio de Janeiro recebeu uma enxurrada de verbas Federais, motivos, Panamericano,Copa e Olim Piadas . São Paulo caminha com as próprias pernas e vai de vagar e sempre.O Rio recebeu tanto dinheiro,nadaram no dinheiro e agora estão numa pindaiba que dá dó do povo fluminense, nem o Teleferico tanto propagandeado na epoca7pelo Lula/Dilma/Cabral está abandonado.

      Felix / (em resposta a Evaristo) Responder
  10. Parabéns Alckmin, me orgulho de você !! Obrigada !!

    carol bengazi / Responder

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

*