Prefeito de Diadema participa de protesto contra aumento de tarifa

O prefeito de Diadema, Lauro Michels, participou nesta quinta, 5, de um protesto em frente ao terminal intermunicipal da cidade, junto com outros manifestantes, contra o aumento da tarifa dos ônibus da EMTU.

A partir do próximo domingo, 8, a tarifa de 13 linhas que operam no Corredor ABD, por exemplo, passará de R$ 4 para R$ 4,30. Também no domingo, passará a ser a ser cobrada taxa de R$ 1 para quem circula entre alguns dos terminais de ônibus, incluindo o de Diadema.

O prefeito disse que não foi consultado pelo Governo Estadual sobre o aumento nem sobre a criação da taxa. Também afirmou que, se não conseguir barrar o aumento da tarifa e a taxa por uso do terminal, irá rever a concessão do espaço.

“Enquanto não vier um representante do estado aqui para falar sobre isso, a cidade vai parar. Nem o prefeito foi avisado. Diadema vai parar, são 100 mil usuários de Diadema”, afirmou. “Eu estou aqui porque eu estou do lado da população”, completou.

“A minha ideia é a ideia da população, então avisa o patrão de vocês [que vão chegar atrasados]. Eu estou aqui com o meu carro parado na porta do terminal. Pode me xingarà vontade. Você vai me xingar hoje, mas amanhã você vai dizer ‘graças a Deus que alguém está lutando por mim”, falou no Michels no microfone diante de manifestantes.


Autor: Caio Lobo

Ler todos os posts

Paulistano e Corinthiano, formado em Marketing porém dedicou sua experiência profissional, pós-graduação e MBA na área de Finanças. Temas relacionados à mobilidade urbana o fascinam, principalmente quando se fala de metrô.

3 Comentários deste post

  1. Só uma correção, ele foi o prefeito reeleito, e não novo prefeito.

    Anonio / Responder
  2. Ridículo isso!

    Leandro Costa / Responder
  3. Boa!

    Tiago / Responder

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

*