BRT com ônibus não poluente é aprovado em Curitiba

Após um processo de PMI – Proposição de Manifestação de Interesse da Iniciativa Privada, a prefeitura de Curitiba aprovou o projeto que contempla a construção de corredores de ônibus do modelo Bus Rapid Transit (BRT), porem com veículos não poluentes.

Posteriormente devem ser abertas licitações de uma nova malha de cinco corredores que somam 106 quilômetros: Aeroporto/Centro Cívico; Tamandaré/Cabral; Linha Verde; Araucária / Boqueirão; e Norte/Sul.

Serão aproximadamente 300 novas estações de embarque e desembarque, com wi-fi, painéis com informações sobre os horários e as linhas, além de ar-condicionado. Algumas delas serão subterrâneas.

O aspecto que nos atraiu foi a tecnologia proposta pela Volvo para esse tipo de projeto. O CIVI [City Vehicle Interconnect] é um modelo que não tem paralelo no mundo, além de atender as normas da Euro 6 de restrição à poluição, com ônibus híbridos, incorpora conectividade, permitindo prever com exatidão o horário de chegada do ônibus” – explicou o presidente do Conselho de Administração da Cesbe, Carlos de Loyola e Silva.


Autor: Renato Lobo

Ler todos os posts

Paulistano, profissional de Marketing Digital, técnico em Transportes, Ciclista, apaixonado pelo tema da Mobilidade, é o criador do Portal Via Trolebus.