75% não serão afetados com aumento na integração, diz Avelleda

Após aumento na cobrança da integração entre ônibus, Metrô e CPTM, na cidade de São Paulo, o Secretário Municipal dos Transportes e Mobilidade, Sergio Avelleda, explicou que a maior parte dos usuários não será afetada pelo reajuste.

A prefeitura decidiu junto com o Governo Estadual, congelar a tarifa básica de R$ 3,80. No entanto, a integração entre modais passou de R$ 5,92 para R$ 6,80.

Avelleda disse em entrevista a TV Globo que metade dos passageiros paga a tarifa básica de R$ 3,80. “25% da outra metade está beneficiada pelas gratuidades, portanto temos 75% não afetados. Mas daqueles que usam a integração, são os outros 25%, 10% recebem vale transporte. No vale transporte o usuário não é afetado pelo aumento, porque quem paga o aumento é seu empregador”, afirmou o novo titular da pasta.


Autor: Renato Lobo

Ler todos os posts

Paulistano, Técnico em Transportes, Ciclista, apaixonado pelo tema da Mobilidade, é o criador do Portal Via Trolebus.

5 Comentários deste post

  1. Falácias!

    Não afeta o trabalhador, mas fode com as empresas….

    Renato / Responder
  2. Afeta todo mundo nessa história, só trouxa acredita que não teve aumento de verdade !!!

    Rafael / Responder
  3. Foi a pior decisão possível, pois estão penalizando justamente os que moram longe. Quem mora no centro/local de destino e só pega ônibus pagará proporcionalmente menos. Quem mora longe e precisa pegar os dois modais pagará mais, e ainda vai arcar acima da inflação. Se aumentasse a passagem como um todo, seria mais Justo para toda a população.

    Guilherme / Responder
    • Essa é a forma do PSDB desvalorizando o transporte publico e apenas incentivando o uso do carro, pois vai ter gente que vai voltar para o carro ou moto, claro….

      Renato / (em resposta a Guilherme) Responder
  4. De onde este debiloide tirou este calculo? A muito tempo o PSDBESTA trata a população como se todos fossem idiotas … Mentem
    descaradamente ao ponto de acreditarem na própria mentira … Em vez de criar mais pontos de gratuidade entre os modais ele tira o que tem … agora tenho certeza também que os projetos futuros de mobilidade estarão sepultados na atual administração da marionete Dória.

    Valmir / Responder

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

*