Poluição só vai cair com menos carros, diz estudo

Foto: Robson Fernandjes | Fotos Públicas

Replantio de árvores e a introdução de ônibus com combustíveis limpos são ações bem vindas ao meio ambiente das cidades, sobretudo em São Paulo. Mas somente a redução da frota circulante de carros será capaz de diminuir a poluição atmosférica.

É o que diz a tese de doutorado do pesquisador Júlio Barboza Chiquetto, da USP (Universidade de São Paulo). “Para reduzir poluição, só tem uma maneira: tem que reduzir as emissões. No caso do ozônio, reduzir emissões veiculares”, diz Paulo Artaxo, pesquisador e membro do Painel Intergovernamental sobre Mudanças Climáticas (IPCC).

O estudo fez simulações na qual toda a mancha urbana se transformava em floresta com o mesmo número de carros. Ainda sim o impacto na poluição não foi tão forte quanto nos cenários em que se manteve a mancha urbana com a diminuição da frota de veículos.

Em 2015, 8 milhões de automóveis e 1,7 milhão de motocicletas compunham a frota, segundo a Cetesb (Companhia Ambiental Do Estado De São Paulo), das regiões metropolitanas de São Paulo, Campinas, Baixada Santista, Vale do Paraíba e Sorocaba, além de aglomerações urbanas importantes como Jundiaí, Bragança Paulista e Piracicaba. Isso representa 75% da frota de todo o Estado de São Paulo.

Com as informações de Uol


Autor: Renato Lobo

Ler todos os posts

Paulistano, Técnico em Transportes, Ciclista, apaixonado pelo tema da Mobilidade, é o criador do Portal Via Trolebus.

7 Comentários deste post

  1. Não há necessidade de diminuir a frota circulante para diminui a poluição, basta aumentar o número de veículos que não poluem ou poluem menos.Ex: Carros e Ônibus elétricos ou motos menos poluentes.

    Felix / Responder
    • Neste caso cria-se outro problema (na manutenção de carros) – os congestionamentos e lentidão. Isso significa menor eficiência energética, o que significa que veículos à bateria terão menos aproveitamento melhor de sua alimentação, o que significa também mais consumo de energia, o que significa que as matrizes energéticas sofrerão com mais consumo de eletricidade. Se for termoelétrica, vai um pouco de poluição. Se for hidrelétrica, lá se vai a água.

      Anonimato / (em resposta a Felix) Responder
    • A velha falácia dos carrocratas….

      Tiago / (em resposta a Felix) Responder
  2. Renato, peço sua ajuda se possivel, pois a Sptrans suspendeu a linha 407k Metro Carrão X São Mateus, alegando ferias escolares, o que esta causando transtornos aos passageiros que utilizam esta linha, esta medida não e tecnica, apenas financeira e seu proposito e equivocado, sendo que a maioria dos passageiros utilizam esta linha para voltar para casa, e não ir para a escola, esta linha tem muita demanda, mais uma medida equivocada da falida Sptrans.

    Pedro / Responder

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

*