Gestão Haddad completa meta de 400 km de ciclovias

Na ultima terça-feira a cidade de São Paulo ganhou mais 3,6 quilômetros no Centro e nas zonas sul e leste. Com as entregas a atual gestão cumpre a meta de 400 km, e a cidade passa a contar com uma malha cicloviária de 498,4 quilômetros.

“…foi possível cumprir a meta e, ao final do mandato, deixar um legado para a mobilidade urbana da cidade de São Paulo”, afirmou o secretário municipal de Transportes, Jilmar Tatto, na manhã desta terça-feira (6), durante reunião do Conselho Municipal de Transporte e Trânsito.

Entre os novos trecho está a do Viaduto 25 de Março, com 1,0 quilômetros de extensão, entre a Praça da Sé e o Viaduto 25 de Março. O percurso permite a conexão com estação Sé do Metrô e com as ciclovias das ruas Benjamim Constant, da Figueira e 21 de Abril e a da Avenida Rangel Pestana, que por sua vez fará a ligação Zona Leste Centro.

cicloviadd25demarco

Já na Zona Sul a Ciclovia Bosque da Saúde é entregue, com 1,0 quilômetros de extensão, entre a Rua Caramuru e a Avenida Professor Abraão de Morais.

cicloviabosquedasaude

Na Zona Leste a Ciclovia Arraias do Araguaia entre em operação, com 1,6 quilômetros de extensão, entre as avenidas Aricanduva e Barreira Grande.

 

cicloviaarraisdoaraguaia

 


Autor: Renato Lobo

Ler todos os posts

Paulistano, profissional de Marketing Digital, técnico em Transportes, Ciclista, apaixonado pelo tema da Mobilidade, é o criador do Portal Via Trolebus.

49 Comentários deste post

  1. acho que e o minimo a se faze,r mesmo com algumas falhas, que não aprece que o novo prefeito, esta afim de consertar, estas mais interessado em carros.

  2. Cumprir meta é obrigação! De qq forma, merece o devido reconhecimento por conseguir tirar do papel algo há anos preso.

    O.Juliano /
  3. Lindo de ver a ligação leste centro. Só sigo preocupado com a segurança desse viaduto, espero que a movimentação de ciclistas traga vida e segurança pra área.
    Pretendo fazer o percurso para testar.

    Fabio /
  4. 400km de ciclovias, lindo.

    3 CEUs e 1 hospital. O Kassab, que era um lixo, entregou 12 CEUs e 2 Hospitais.

    Hubner /
    • Entregar não quer dizer fazer. Maioria das obras do Kassab começaram com a Marta. E o Kassab geriu a cidade em um momento muito melhor economicamente.

      Por mais que não tenha feito os prometidos BRTs, o Haddad pelo menos caminhou nesse sentido. Durante as gestões Kassab e Serra nada se fez para o transporte por ônibus.

      Enfim, acho que o Haddad foi mais ou menos, poderia ter sido bem melhor, mas melhor que o Kassab e o Serra ele foi, até pq é fácil.

    • O haddad entrega 400 km de ciclovias, completando a marca com novas ciclofaixas na região da 25 de Março. Alguém aqui passa por ali de vez em quando? É um lixão aquele lugar, parece walking dead. Tudo sujo, pichado, inseguro, calçadas despedaçadas, drogas, uma desgraça! Isso sem falar no Glicério e na região dos Campos Elíseos. O cara entrega ciclofaixa mas não fez NADA, absolutamente NADA, pela recuperação dessas regiões. Pelo contrário, deixou aquilo ficar ainda mais feio. Vai tarde, malddad. Que não volte nunca mais!!

      • Veremos se o Doria vai fazer.

      • E o que o Serra e Kassab, que ficaram na prefeitura por 8 anos fizeram para melhorar? merda nenhuma….

        Um apenas ficou preocupado em jogar no lixo 2 bilhões na ampliação da marginal tietê, favorecendo a carrocracia onde esse dinheiro poderia ter sido melhor usado exatamente no que vc disse….

        E ambos estavam numa situação economica MUITO melhor e mesmo assim, nada fizeram.

        • Renato, vc é esquerdista e petista. É nítido. Pra mim Serra e Kassab foram péssimos. Concordo plenamente com o desperdício de um caminhão de dinheiro na Marginal, em vez de colocar em corredores de ônibus e metrô. Nisso concordo perfeitamente. Agora, não é pq eles foram uma bosta que vou achar o haddad bom também. Não sou tucano, apenas sou crítico do que é mal feito. O haddad foi mal na gestão, deixou a cidade porca, mal cuidada, esburacada. FAltou melhorar as calçadas, pavimentar ruas de bairros miseráveis, cuidar do nosso patrimônio. A cidade está uma tristeza, pichada, toda pra baixo. E vc vem aqui com a cara limpa e sem vergonha fazer um contra-ataque? Cara, se enxerga.

          • Ele não é esquerda. Ele só reclama que nem cantor de sertanejo sofrencia corno. É como se um tucano lhe traiu :p

            anonimato / (em resposta a Josh)
          • Esse é seu argumento cara-palida? “Esquerdista” ? Petista”

            Então eu posso deduzir que você é um tucano pq discordei de sua opinião?

            Não, não sou petista, não sou tucano, eu não voto nessas corjas desde 2010. Alias, no PT eu nunca votei. E no PSDB eu parei de votar a partir das eleições de 2010, pois não sou alienado como você.

            Não tenho culpa se não aguenta opinião contrária e fica todo nervosinho….
            Se liga rapaz!!
            Você realmente acha que eu perco meu tempo com politica e com politicos? Faça o favor…..CRESCE E AMADURECE RAPAZ!

            Renato / (em resposta a Josh)
          • Anonimato, antes de vir vomitar asneiras aqui, COLOQUE UM NOME E FOTO NO SEU PERFIL ANTES !!!

            Pois um nome como esse, tu nada mais é visto como um troll….

            Renato / (em resposta a Josh)
          • mimimimimi mimimimi

            Tiago / (em resposta a Josh)
          • Eu concordo com o Renato, discordo de você e não votei no Haddad. Sou petista também?

            Melhore seus argumentos!

            Marcos vinicius / (em resposta a Josh)
          • Chora mais…..

            Marcelo / (em resposta a Josh)
          • Em um ponto concordo ruas esburacadas, mas sempre foram … enquanto não mudarem o modo de tapar buracos e fiscalizar o reparo vao existir sempre. Quanto às calçadas, desculpe, talvez seja melhor andar mais à pé por ai … pavimentar ruas de bairros miseráveis??? oi? não é vc q vive falando que pagamos nosso iptu e etc e queremos melhorias … O bairro as vezes nem existe no papel… não que não mereçam … longe disse logico q merecem, mas não estão regularizados e que eu vejo é dificil de alguma prefeitura fazer algum investimento. Alguns bairros ganharam linhas de onibus recentemente e antes nem isso tinham …Pra mim a gestão do Haddad está muito longe de ser otima, mas se fosse para avaliar seria em realmente bom/regular, mas pessima não classificaria … claro cada um tem seus indicadores.

            Alexandre I / (em resposta a Josh)
    • TAXAB teve 2 mandatos para fazer…e mesmo assim apenas entregou o que já havia sido contratado na gestão da Marta.

      Não fez uma rede estrutural de ciclovias, nem valorizou o transporte publico e o pedestre, que representam a maior parte do deslocamentos diarios na cidade….

      Não fez corredor e nem faixa exclusiva….

      Enfim, o que o Kassab fez pela mobilidade em 6 anos?

    • Haddad entregou 2 hospitais e deixou mais 1 encaminhado, Kassab não entregou nenhum.

  5. O ponto negativo do Haddad, foi fingir que não viu as ocupações dos sem terra, e mendigos na cidade, na Bresser ali do lado da Radial a coisa ta feia, e ali quase perto do centro, em baixo do viaduto nem se fala.

    • O que de certa forma é até estranho porque a política do PT deveria ser voltada mais para esse lado social. A gente entende que deve ser complicado fazer a gestão de uma cidade como SP, mas teve esses pontos negativos mesmo, algo como uma omissão da prefetura.

      Muito embora a questão de moradores de rua seja algo complicado de administrar, pois como se administra pessoas indo morar na rua? Em NY há um problema parecido, uma das hipóteses é a crise e etc. Houve alguns “remendos” como programas para os moradores de rua no frio, barracas… mas o problema é muito maior que SP, é um problema social mundial.

      • Aqui no Brasil??? botam tudo em uma kombi e levam para a cidade grande mais proxima … no caso desovam em são paulo, … o que faz aqui? parece que nao mandou para o interior …

  6. Parabéns Haddad e Tatto, apesar de melhorias pontuais necessárias, tiveram muita coragem de peitar a cultura dominante. Pena que pagaram um preço político muito alto. Creio que o passar dos tempos possa colocar a realidade em seu devido lugar.

    Marcelo Pádua /
  7. Não é verdade que o Kassab não fez nada pela mobilidade. O programa de redução de velocidade teve início em sua gestão, bem como a criação da ciclofaixa de lazer, muito importante pra que a cidade começasse a enxergar a bicicleta, não apenas como brinquedo de criança. A gestão Haddad comprou a ideia e elevou a outro patamar a questão da mobilidade.

    Marcelo Pádua /
    • Ciclofaixa que só funciona de lazer apenas manteve a mentalidade de que bike é só lazer, mas concordo que para introduzir a cultura da bicicleta numa cidade com mentalidade muito voltada ao carro, foi um passo importante antes das ciclovias e ciclofaixas permanentes.

      Mas para 2 mandatos, foi quase nada…..

      .

  8. Renato Lobo,

    Você poderia fazer uma reportagem se realmente o novo prefeito fará a ciclovia entre São Mateus até a Avenida Luís Inácio de Anhaia Melo.

    Até o momento está pronto entre as estações Oratório até a Vila Prudente.

    Ederson Casemiro da Silva /
  9. Se não houver resistência suficiente, o Doria Luthor vai apagar muitas dessas ciclofaixas. Ele vai querer oprimir os ciclistas com gosto.

    “com 1,0 quilômetros de extensão”
    Não seria 1 quilômetro (ou 1km) de extensão?

    • Com a nomeação de um secretário dos transportes (Sergio Avelleda) que tb é ciclista que usa a magrela como meio de transporte, existe a esperança que não será feito nada sem conversar com as associações de ciclistas e os proprios ciclistas por exemplo.

      Pois senão, ele poderia ter nomeado um secretário qualquer…..acredito que é só sentar e mostrar ao novo prefeito os dados e os beneficios que a cidade ganha em ter uma rede cicloviaria (fora a economia que vai gerar para o SUS com bem menos acidentes com ciclistas….)

      Existe até estudos que mostra que a cada U$$ 1 investido em ciclovias, a cidade economiza até U$$ 24.

      acredito que nesses 2 ultimos anos, o investimento em ciclovias já se pagou, pois a enorme queda no numero de acidentes com ciclistas gerou muita economia com internações no SUS.

      É isso que o Dória precisa ver…..a economia a médio/longo prazo!

  10. O Hospial não foi construido, foi reformado.

    Felix /
  11. Engraçado o cara acima comentando que a cidade está abandonada. O sujeito não deve se lembrar da época do Maluf/Pitta e suas montanhas de lixo largadas nas ruas, transporte pirata (gente socada dentro de kombis) e favelização dos recém-entregues Cingapuras.

    Pichação se coibe com vigilância e segurança pública (atribuições que todo mundo sabe que não é do Prefeito). Além disso, esse tipo de vandalismo tem mais relação com a crise econômica e períodos de intensa manifestações (2013 a 2016 bombou) do que falta de cuidado do poder público.

    Em relação às ciclovias, o objetivo é dar segurança ao ciclista acima de tudo. E isso foi conquistado com essas faixas e ciclovias implantadas na cidade. Parabéns ao prefeito que conseguiu concluir a meta, diferentemente dos seus antecessores. Acredito que o Doria, apesar dos achismos contrários, seguirá no mesmo sentido (ele mesmo já declarou a importância da mobilidade ativa na cidade).

    Alex /
    • Pois é, brasileiro tem memória curta…

      Mas o tal do Josh e o troll anonimos que nem foto e nome tem coragem de colocar, querem atenção, tadinhos….

      Como não encontram argumentos para rebater os meus, vem com ataques pessoais…..Eu me mato de rir com gente medíocre…..rsrs

  12. Sabe por que os governantes tem obsessão por números? Porque a mídia valoriza isso.

    De que vale entregar 400, 600 ou 1000 km de vias se elas são mal planejadas, mal executadas ou inadequadas?

    Não tem criança aqui lendo o blog. Não queremos números, não queremos ser o ‘maior’ em nada. São Paulo não precisa de mais grandiosidade, isso a metrópole já tem. São Paulo precisa de qualidade de vida, coisa que números superlativos ( argumento típico de paulista) não trazem. Muito pelo contrário.

    Celso P /
    • São Paulo também não quer críticas vazias, fundamente melhor na próxima…

    • Pintar é fácil, mais barato e tem visibilidade, duro é a manutenção, muitas faixas de ônibus e faixas de pedestres, principalmente nos bairros,estão apagadas

      • O que para os simplistas se resumiu em “faixas pintadas”, para o usuário de ônibus significou ganho de até uma hora em seus deslocamentos diários, para os ciclistas significou segurança em seus trajetos.
        “Pintar faixas” é tão fácil que ninguém havia feito nada parecido antes, para quem usa as tais “pinturas” são qualidade de vida.

        • O Janio Quadros também pintava, onibus, pontes etc…

          • Jânio fez quantos corredores? Quantas faixas exclusivas? Quantas ciclovias? Quanto de tempo reduzido de viagem o usuário do ônibus ganhou durante a gestão Jânio? Quanto ele reduziu os acidentes com ciclistas?
            Sua analogia é patética…

            Fabio / (em resposta a Felix)
          • verdade vide as impecáveis manutenções do metro, cptm, corredores da emtu, os ônibus da emtu, as ciclovias por parte da cptm, por parte do metro, esta tudo lindo e maravilhoso…… sqn

            Alexandre i / (em resposta a Felix)
      • Você pedala parceiro? usa a bike como meio de transporte? eu sim, a mais de 20 anos como meio de transporte e DISCORDO plenamente de vc qto as ciclofaixas…..

        Conheça a realidade e depois vem dar pitaco, ok?

        Obrigado!
        De nada!

  13. nao gostei.

    fabio /
  14. Corta tudo no orçamento, exceto a construção de ciclovias. Comparando entre todas as prioridade a ciclovia nem deveria aparecer como prioridade. Ainda bem que faltam 16 dias e algumas horas para esse ….. sair da Prefeitura.

    ROBERTO /
  15. A manchete deveria ser completou a M____A..

    ROBERTO /
  16. Já é passado. Graças a Deus!

    Ed /

Deixe uma resposta