Associação de Ciclistas e Câmara assinam termo de cooperação

Um termo de cooperação entre a Comissão Permanente de Trânsito, Transporte, Atividade Econômica, Turismo, Lazer e Gastronomia, e a Ciclocidade – Associação dos Ciclistas Urbanos de São Paulo, deve produzir parecer técnico de todos os projetos de lei da Câmara de Vereadores de São Paulo que tiverem ligação com mobilidade urbana, principalmente os de bicicleta, ciclomobilidade, mobilidade urbana, mobilidade ativa, bicicletário, paraciclo, ciclovias, ciclofaixas, ciclorrotas e cicloturismo.

A ideia é estreitar a participação popular, representado por esta entidade. “Com isso, queremos solucionar três questões fundamentais para a democracia participativa: ter acesso às informações públicas; dialogar, opinar e, quem sabe, influenciar diretamente nas decisões sobre os projetos de lei; e consolidar uma agenda perene de fiscalização e acompanhamento do poder legislativo”, avalia o diretor-geral da Ciclocidade, Daniel Guth.

Outra reivindicação é tornar lei o Plano de Mobilidade de São Paulo (PlanMob), na qual foi elaborado com a participação da sociedade civil. O pleito é a base para o planejamento e a gestão dos meios e da infraestrutura de transporte de bens e pessoas em São Paulo para os próximos 15 anos.


Autor: Renato Lobo

Ler todos os posts

Paulistano, Técnico em Transportes, Ciclista, apaixonado pelo tema da Mobilidade, é o criador do Portal Via Trolebus.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

*